O governo impede estrangeiros da China, UE e outros países

JBr.

O governo de Jair Bolsonaro publicou na quinta-feira à noite 19 uma portaria que impede, por um período de 30 dias, a entrada de aeroportos brasileiros por estrangeiros dos Estados Membros da União Europeia e de nove outros países: China, Islândia. , Noruega, Suíça, Reino Unido, Austrália, Japão, Malásia e Coréia do Sul. A medida é estruturada em resposta à nova pandemia de coronavírus e entra em vigor na segunda-feira, 23. O transporte de carga não será afetado.

Postado em uma edição extra de Jornal Oficial da União, a portaria é assinada pelo Primeiro Ministro da Casa Civil, General Walter Braga Netto, pelo Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, pelo Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e pelo Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta.

Outras exceções à proibição de entrada são brasileiros nativos ou naturalizados, imigrantes com permissão de residência, profissionais estrangeiros em missão em uma organização internacional, funcionários estrangeiros credenciados pelo governo federal, estrangeiros que se enquadram na “hipótese de reunião familiar” com Brasileiros presentes no território nacional, estrangeiros autorizados a entrar pelo governo federal “em vista do interesse público” e estrangeiros titulares do Registro Nacional de Migrações.

De acordo com a portaria, as pessoas que não cumprirem a restrição podem ser detidas civil, administrativa e criminalmente, imediatamente deportadas e desqualificadas para pedidos de asilo.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *