O magistral trio croata no meio-campo é a chave para o sonho da Copa do Mundo

O goleiro croata Dominik Livakovic foi elogiado com razão após a impressionante vitória de seu time nas quartas de final da Copa do Mundo sobre o Brasil, mas seu trio de meio-campo também foi crucial.

Luka Modric, Mateo Kovacic e Marcelo Brozovic ajudaram a Croácia a empatar em 1 a 1 com um recorde de cinco vitórias aos 120 minutos, com o time europeu vencendo por 4 a 2 nos pênaltis.

Embora o Brasil tenha tido de longe as partidas mais perigosas, com 11 chutes a gol a um para a Croácia, a posse de bola foi dividida igualmente.

O meio-campo croata conseguiu ajudar a manter a posse de bola durante uma hora de jogo, evitando que Neymar, Vinicius Junior e Raphinha criassem ainda mais chances.

“Eu já disse várias vezes que a Croácia tem o melhor meio-campo do mundo”, disse o orgulhoso técnico Zlatko Dalic em entrevista coletiva após o jogo de sexta-feira.

“Podemos passar a bola, controlar o jogo e controlar a bola, fizemos isso hoje. Nossos meio-campistas não se apressaram, essa foi a parte mais importante.”

“Acho que o meio-campo é a melhor parte do nosso time, eles (mantiveram) a posse de bola e bloquearam nossos adversários.”

O lateral-direito do Celtic, Josip Juranovic, que também teve forte atuação na vitória sobre o Brasil no Education City Stadium, concordou com o técnico.

“Acreditamos em nós mesmos, posso dizer que temos os melhores meio-campistas de todos os tempos”, disse Juranovic.

“Brozovic, Modric e Kovacic, se eles estiverem no jogo, acho que controlaremos o jogo 90 por cento e é por isso que acho que vencemos (o Brasil).”

O trio tem sido fundamental, sendo titular em todas as partidas do torneio e ajudando a proteger a defesa croata, que sofreu apenas dois gols.

– Sem estrelas –

Ao não cair muito fundo, os meio-campistas croatas dão ao time um respiro, já que possuem os meios para manter a posse de bola com confiança mais adiante no campo.

Eles são uma das razões pelas quais uma nação de apenas quatro milhões pode competir constantemente com as equipes mais fortes do mundo.

Quando terminaram como vice-campeões em 2018, foi com Ivan Rakitic ao lado, mas Kovacic se colocou em seu lugar.

Brozovic, da Inter de Milão, joga fundo no trio e nunca permitiu que o Brasil ficasse confortável, enquanto Kovacic, do Chelsea, é altamente móvel e sempre oferece opções.

No entanto, é o médio do Real Madrid Modric, de 37 anos, que merece particular elogio, tanto pela sua qualidade como pela sua longevidade.

Modric também se intensificou na disputa de pênaltis, mandando o goleiro brasileiro Alisson Becker para o caminho errado com uma cobrança de pênalti friamente desferida.

“Mais uma vez, Luka liderou por 120 minutos (em) grande ritmo e cobrou o pênalti quando precisou”, disse Dalic.

“É inacreditável como ele joga. Ele não está cansado, não ficou para trás, jogou os 120 minutos completos.

“Aos 37 anos ele é incrível, mas Luka Modric é assim e mostra que é um dos melhores jogadores do mundo.”

O zagueiro croata Borna Sosa foi além, afirmando que Modric foi um dos cinco melhores meio-campistas de todos os tempos.

“Ninguém, absolutamente ninguém jogou ao seu nível aos 37 anos e, ano após ano, mostra o quanto é importante como jogador para nós e para o Real Madrid”, disse o lateral.

Com a semifinal contra a Argentina de Lionel Messi na terça-feira, a Croácia precisa descansar e se recuperar, pois será chamada a render até a última gota de suor novamente.

Essa resistência e determinação são uma parte fundamental de seu jogo e não seriam possíveis se jogadores como Modric não dessem tudo de si, apesar de seu status de vencedor do Ballon d’Or.

“Nossa maior força como equipe é lutar juntos e não ter estrelas na equipe que não querem correr ou defender”, acrescentou Sosa.

“Não temos 25 jogadores jogando pelo Barcelona, ​​​​Real (Madrid), então temos que estar preparados, todos.

“Luka Modric está jogando todos os jogos porque precisa. Não há lugar para ele descansar, porque precisamos dele a cada segundo em campo.”

rbs/mw

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *