O novo Exynos 1000 SoC não deve superar o Snapdragon 875, o teste indica

Motivo de solicitação de fãs da marca, a utilização de processadores Exynos em celulares de Samsung Não deve acabar logo Um telefone celular equipado com a suposta nova geração da família, conhecido como Exynos 1000, foi localizado no comparador de desempenho do GeekBench. E o resultado, se confirmado, não será suficiente para apaziguar as críticas.

Um telefone celular identificado como Samsung SM-G996B aparece no Geekbench usando um processador não identificado e uma curiosa placa-mãe “exynos2100”. A pontuação registrada pelo dispositivo supera o Snapdragon 865 (lançado em 2019) no teste single-core, mas fica atrás no teste multi-core.

O Galaxy S21 (à direita) deve ter desempenho equivalente ao OnePlus 8 (Imagem: Geekbench)

Na prática, o resultado indica que o desempenho geral não será muito diferente dos telefones celulares com o atual chip Qualcomm, usado por exemplo em Xiaomi Mi 10, OnePlus 8 e na versão norte-americana de Galaxy S20. Como consolo, nota-se que os valores são muito superiores aos apresentados pelos aparelhos equipados com Exynos 990, que costumam registrar em torno de 900 pontos no teste. núcleo simples e 2.800 não multi-core.

A identificação do processador, no entanto, levanta suspeitas, com um rótulo “ARM implementer 65 arquitetura 8 variante 1” geralmente atribuído aos processadores do processador. Qualcomm.

Mergulhando no campo da especulação, os testes atribuídos aos futuros Galaxy S21 e Xiaomi Mi 11 com o Snapdragon 875 teriam registrado 1.159 e 1.102 pontos, respectivamente, no teste. núcleo simplese 4.090 / 4.113 não multicore. Mas, em ambos os casos, não foi possível confirmar a pontuação registrada no teste de desempenho.

5 nm

Independentemente do resultado, o novo processador Exynos deve atualizar a linha de Galaxy S, S21 ou S30, que será lançada no primeiro semestre de 2021. O novo chip será fabricado no novo processo 5nm da Samsung Foundry, conforme citado. . também usado pelo rival Snapdragon 875 – e você deve confiar Núcleos ARM lançados no meio deste ano.

O novo processo de fabricação deve ajudar a reduzir a potência do processador. No caso de Exynos, deixando de lado o CPU Samsung Mongoose em favor do novo Cortex-X1, também esperado no Snapdragon 875.

A maior diferenciação entre os processadores deve vir apenas em 2022, quando o primeiro resultado do parceria entre AMD e Samsung, com o fornecimento de GPUs Radeon para uma futura geração de chips Exynos.

Exynos 990“Exynos 1000” (boato)“Snapdragon 875” (boato)Snapdragon 865
CPU de alto desempenho

2x Mongoose M5 a 2,73 GHz

2x Cortex-A76 a 2,5 GHz

1x Cortex-X1 2,91 GHz

3x Cortex-A78 a 2,81 GHz

1x Cortex-X1

3x Cortex-A78

1x Cortex-A77 2,84 GHz

3x Cortex-A77 a 2,42 GHz

CPU de alta eficiência4x Cortex-A55 a 2 GHz4x Cortex-A55 a 2,21 GHz4x Cortex-A55 4x Cortex-A55 1,8 GHz
GPUARM Mali-G77MP11ARM Mali-G78Adreno 660 Adreno 650
ManufaturaSamsung 7 nmSamsung 5 nmSamsung 5 nmTSMC 7 nm

Fonte: Canaltech

Sem tendência Canaltech:

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *