O pior desempenho das grandes nações em uma final de Copa do Mundo: Inglaterra de Roy, Brasil de Pelé…

Todos os grandes rebatedores fracassaram na fase de grupos em algum momento. A França foi hilária em 2010; Argentina fez Marcelo Bielsa chorar; e Pelé queria parar de jogar no Brasil.

Aqui estão todas as grandes nações e seu pior desempenho em finais de Copa do Mundo desde 1966.

Inglaterra
Não foi possível avaliar: 1974, 1978, 1994
Pior desempenho em uma final: Os Três Leões foram para o Brasil em 2014 e depois de três jogos estavam de volta em casa. Os homens de Roy Hodgson estavam fadados a sair o mais rápido possível depois de perder seus dois primeiros jogos -2-1 em cada ocasião- contra Itália e Uruguai. O impasse contra a Costa Rica foi um empate em 0 a 0, com a Inglaterra registrando seu menor total na fase de grupos de uma fase final.

Brasil
Não foi possível avaliar: Nunca
Pior desempenho em uma final: Depois de ganhar o troféu Jules Rimet em 1958 e 1962, o Brasil chegou à Inglaterra em 1966 como favorito para conquistar o terceiro título consecutivo e teve um início decente ao vencer a Bulgária por 2 a 0. Mas depois sofreram derrotas consecutivas por 3-1, primeiro contra o Hambre e depois contra o Portugal de Eusébio. “A Copa do Mundo de 1966 foi a experiência mais difícil que já tive no futebol”, disse Pelé. “Saí daquela Copa determinado a nunca mais jogar pelo Brasil.”

Alemanha
Não foi possível avaliar: Nunca
Pior desempenho em uma final: A Alemanha foi para a Rússia como campeã depois de vencer a Copa do Mundo de 2014 e venceu todas as 10 eliminatórias, mas foi demitida depois de terminar em último lugar no grupo. Foi a primeira vez desde 1938 que Die Mannschaft ele não havia chegado pelo menos às quartas de final. A equipe de Joachim Low perdeu a estreia contra o México e precisava de uma vitória aos 95 minutos para vencer a Suécia em seguida. Eles então estragaram tudo ao perder por 2 a 0 para a Coreia do Sul, com gols marcados aos 94 e 95 minutos. Pouco importava para a Coreia do Sul, que perdeu seus dois primeiros jogos, com Suécia e México avançando para a fase eliminatória.

Argentina
Não foi possível avaliar: 1970
O pior desempenho em uma final: A Inglaterra vingou a Argentina pela eliminação nas quartas de final de 1998, contribuindo para as eliminações da fase de grupos no Japão e na Coreia do Sul. Os comandados de Marcelo Bielsa começaram bem a partida ao vencer a Nigéria, com Gabriel Batistuta fazendo o único gol. Eles então enfrentaram a Inglaterra e perderam por 1 a 0 com David Beckham marcando de pênalti, deixando-os precisando vencer a Suécia para se classificar. Não o fizeram, pois o golo de Hernán Crespo aos 88 minutos serviu apenas para um ponto. Suécia e Inglaterra se classificaram, fazendo Bielsa chorar e, aparentemente, enlouquecendo repetidamente os vestiários do vestiário.


Itália
não poderia avaliar: 2018, 2022
O pior desempenho em uma final: Desde que conquistou seu tetracampeonato, a Itália tem estado muito mal quando o assunto é Copa do Mundo. Eles não se classificaram para o Catar, não estiveram na Rússia; e eles poderiam muito bem não ter se incomodado em ir para o Brasil ou para a África do Sul. Em 2014, eles venceram a Inglaterra (nada para se gabar) antes de perder para Uruguai e Costa Rica. Mas eles foram ainda piores como campeões, não conseguindo vencer uma partida em 2010. Os homens de Marcello Lippi terminaram em último lugar em um grupo que incluía Paraguai, Eslováquia e Nova Zelândia.

França
Não foi possível avaliar: 1970, 1974, 1990, 1994
Pior desempenho em uma final: Além das duas vezes que a França conquistou a Copa do Mundo, Os Azuis eles têm decepcionado nos torneios finais. Quando eles conseguiram chegar lá. Seus recordes nas finais de 2002 e 2010 são igualmente miseráveis: um empate, duas derrotas, mas seu infortúnio na áfrica do sul foi totalmente hilário.

Espanha
Não foi possível avaliar: 1970, 1974
Pior desempenho em uma final: A Espanha também não conseguiu passar do grupo em 1978 e 1998, mas foi um golpe maior quando não conseguiu chegar às oitavas de final no Brasil, onde chegou em 2014 como campeã. A equipe de Vicente Del Bosque foi derrotada por 5 a 1 na estreia contra a Holanda, antes de perder por 2 a 0 para o Chile. Quando venceram a Austrália por 3 a 0, o avião já estava esperando para levá-los para casa.

Uruguai
não poderia qualificar: 1978, 1982, 1994, 1998, 2006
Pior desempenho em uma final: O Uruguai se classificou para esta lista como um vencedor anterior da Copa do Mundo, embora esses títulos tenham sido perdidos há muito tempo, nas décadas de 1930 e 1950. Na era moderna, foi um acerto ou erro, não apenas na classificação para a final, mas também da maneira que fizeram nas ocasiões em que o fizeram. Seu pior desempenho foi no Japão e na Coreia do Sul, onde não conseguiu passar da fase de grupos após dois empates e uma derrota. Há uma boa chance de que a equipe de Diego Alonso não alcance nem mesmo essa baixa miserável. no Catar.

Países Baixos
Não foi possível avaliar: 1966, 1970, 1982, 1986, 2002, 2018
O pior desempenho em uma final: A Holanda qualifica-se para a lista porque é a nossa lista e nós fazemos as regras aqui. Algumas vezes. quando nos for permitido Eles nunca ganharam e não chegaram ao último torneio, que foi um dos seis DNQ desde 1966 – mesmo agora começamos a duvidar de sua inclusão – mas no geral você pode contar com os holandeses para encontrar seu lugar na final . , com dois vice-campeonatos, além de um terceiro e quarto lugares. Quando se classificou, nunca perdeu a fase de grupos, mas as oitavas de final foram tão longe quanto em 2006 e 1990.

Consulte Mais informação: Qual clube da Premier League está ganhando a Copa do Mundo? Manchester United segue City e Liverpool se junta ao Arsenal

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *