O presidente brasileiro Jair Bolsonaro participa do maior show de rodeio da América Latina

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, viajou na noite de sexta-feira para o maior show de rodeio da América Latina em uma tentativa de mostrar sua conexão com os eleitores rurais, que ele espera que o ajudem a ganhar terreno antes da votação de outubro.

O líder de extrema-direita entreteve a multidão encerrando seu breve discurso com um grito de caubói e cavalgando pela arena, acenando com o chapéu para as arquibancadas.

A mostra de vários dias no município de Barretos, interior de São Paulo, atraiu dezenas de milhares de participantes.

Muitos deles estavam vestidos com as cores nacionais verde e amarelo canário que Bolsonaro transformou em símbolos de apoio ao seu governo.

O presidente está recebendo muito carinho na região por suas decisões de criar um Dia Nacional do Rodeio em 2020 e relaxar os regulamentos para a organização de rodeios no Brasil. Bolsonaro enfrenta uma árdua batalha pela reeleição contra o favorito, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Todas as principais pesquisas mostram o esquerdista, que governou de 2003 a 2010, bem à frente do titular.

Desde que a campanha começou oficialmente no início de agosto, o líder de extrema-direita enfrentou críticas sobre a alta inflação e o desemprego no Brasil, apesar de alguma recuperação.

“Não sou só eu que estou orgulhoso de você. O Brasil inteiro está. Você sabe bem. Sem você, o mundo está morrendo de fome”, disse Bolsonaro a apoiadores em campo no rodeio. “Obrigado a todos por este momento. Deus, nação, família e liberdade. Yahoooooooo!”, acrescentou Bolsonaro em um discurso improvisado que durou menos de três minutos.

Em seguida, os alto-falantes tocaram uma música chamada “Capitão do Povo”, referindo-se ao passado militar de Bolsonaro, levando alguns de seus eleitores a agitar bandeiras brasileiras na arena.

Apesar das dificuldades para a campanha de Bolsonaro, uma dúzia de fazendeiros, pecuaristas e fãs de rodeio de Barretos disseram à Associated Press que estavam confiantes de que seu candidato venceria e que ele não precisa se aproximar muito dos eleitores moderados, dando Silva abertamente. tentando.

Usando uma bandeira brasileira como lenço, o empresário Daniel Tales, 43, disse que ficou arrepiado depois de ver Bolsonaro pessoalmente no rodeio.

O orgulhoso vaqueiro mineiro acredita que seu candidato precisará de um segundo turno para derrotar Lula e garantir um segundo mandato. “Mas você não precisa mudar nada. Você não precisa fazer mais ou menos”, disse Tales.

“Ele tem uma personalidade forte, é o homem do momento, veio para fazer uma revolução.”

Católica devota que frequenta o rodeio de Barretos há muitos anos, Silvana Cunha, 47, trabalha com pecuaristas e diz que Bolsonaro melhorou sua vida por causa dos altos preços da carne bovina, que pesquisas sugerem que muitos brasileiros pobres veem como um grande obstáculo entre eles e o resto do mundo. Presidente.

Mas ele está confiante de que o presidente terá que investir mais em saúde e educação se ganhar um segundo mandato. “Quem vencer será muito difícil para qualquer um. Vamos precisar de uma mão forte. É uma tarefa enorme colocar o país de volta no caminho do crescimento após essa pandemia”, disse.

Artistas presentes no evento evitaram comentários políticos sobre o presidente e seu governo. Mas um dos anfitriões, Cuiabano Lima, decidiu mudar de rumo na sexta-feira para dar um empurrãozinho a Bolsonaro e da Silva, sob vaias de dezenas de milhares de participantes.

O presidente do Brasil também veio a Barretos em 2019. Ele visitou a cidade três outras vezes durante sua carreira como legislador durante os esforços para que um de seus filhos, Eduardo Bolsonaro, fosse eleito para o Congresso. No início desta semana, o deputado Eduardo Bolsonaro ironicamente desafiou o rival de seu pai a vir a Barretos e provar sua popularidade, ao que o esquerdista não respondeu.

(Isenção de responsabilidade: esta história é gerada automaticamente a partir de um feed distribuído – apenas a imagem e o título podem ter sido modificados por www.republicworld.com)

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.