O sucesso do lançamento da NASA é histórico para o planeta, diz Marcos Pontes – 30/05/2020

O sucesso do lançamento da NASA é histórico para o planeta, diz Marcos Pontes - 30/05/2020

O sucesso do lançamento da espaçonave Crew Dragon, que decolou nesta tarde de sábado (30) do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, em direção à Estação Espacial Internacional, é um momento histórico para o planeta, disse o Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes. Segundo ele, a parceria entre a NASA, a agência espacial dos EUA e a empresa privada SpaceX representa um marco na articulação entre os setores público e privado.

“Este é um momento histórico para a astronáutica nos Estados Unidos e para o planeta em geral. O retorno aos voos dos Estados Unidos com uma espaçonave tripulada. Muito trabalho dessa empresa, dos jovens engenheiros dessa empresa”, afirmou. o ministro, que acompanhou e comentou o lançamento da transmissão ao vivo da Agência Brasil no Facebook.

Segundo Marcos Pontes, o sucesso da parceria entre os setores público e privado pode ser repetido no Brasil, aumentando o investimento em ciência, tecnologia e inovação. “Precisamos ter empresas aqui no Brasil que se desenvolvam no setor e que todo esse mercado funcione. Todo o nosso esforço no programa é para isso”, afirmou. “Temos muito bons cientistas no Brasil”, acrescentou.

Oportunidades

O ministro declarou que, apesar dos problemas orçamentários do portfólio, o governo está disposto a investir em projetos para o setor espacial por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Financiador de Estudos e Projetos (Finep) . Na semana passada, o ministério começou a discutir com o CNPq uma linha específica de pesquisa para o setor espacial.

Pontes enfatizou que os investimentos em ciência geram um círculo virtuoso. “Temos problemas orçamentários? Sim, mas o próprio uso da tecnologia para inovações dará ao Brasil, através desses investimentos, mais recursos. E mais recursos investidos em ciência e tecnologia significam mais desenvolvimento econômico, mais desenvolvimento social e mais oportunidades “, disse ele.

O ministro observou que o Brasil tem potencial para desenvolvimento científico, pois possui abundantes recursos naturais e científicos de renome. “Para os jovens que procuram, pense em trabalhar com tecnologia, na ciência. Quantas oportunidades existem, e no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, trabalhamos intensamente, com uma grande equipe, precisamente para oferecer oportunidades para isso”. disse.

Impressões

Comentando sobre o lançamento, Pontes afirmou que dois desenvolvimentos tecnológicos o impressionaram. O primeiro é o foguete a jato, que retornou à Terra e pousou com sucesso 9min30s após o lançamento, e pode ser reutilizado para futuras missões. O segundo foi a modernidade da cápsula astronauta, com painéis de toque que não requerem botões.

“Olhe para o painel desta nave espacial. É meio impressionante, muito futurista para quem voou em uma nave espacial antiga. Por um lado, é bom ver toda essa parte da automação. Por outro lado, como piloto, gostamos de ter certeza de que controles na mão “. , afirmou.

Logo após a sonda chegar ao espaço, 3 minutos e 15 minutos após a decolagem, o ministro, o único brasileiro a entrar no espaço, observou que era possível ver a forma do planeta. “A 120 quilômetros de altura, eles já são tecnicamente do espaço. A essa distância, você pode ver a curvatura da Terra”, disse ele.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *