O treinador garante a Portugal a vitória no jogo “decisivo” com a França na Liga das Nações – Observer

O treinador Fernando Santos garantiu esta sexta-feira que Portugal entrará para vencer a partida “decisiva” do Grupo 3 de Futebol da Liga das Nações A, contra a França, e rejeitado ansiedade excessiva do lado português.

No sábado, a equipa das Quinas sabe que não pode bater o Estádio da Luz, em Lisboa, e um empate com golos vai beneficiar os gauleses, enquanto o 0-0 mantém a equipa portuguesa na liderança, já que ambas as equipas têm de ambos com 10 pontos, mas Portugal lidera o grupo, com o melhor saldo de gols (9-1 contra 7-3), faltando duas rodadas para o fim.

Obviamente é decisivo, ninguém escapa mais disso. Mas Portugal e França já passaram por muito esses jogos, isso é ótimo para as equipes. Portugal teve muitos jogos decisivos ao longo dos anos, o que significa que é um dos melhores do Mundo. Seria ruim se não tivéssemos jogos como esse ”, lembrou Fernando Santos na coletiva anterior.

O treinador deixou claro que, para “a vitória ser portuguesa, é preciso concentrar-se e não fugir de Características pessoais, de uma equipa que pretende atacar com 11 e defender com 11 ″, apesar de reconhecer que “as duas equipas são muito próximas no que diz respeito à qualidade dos jogadores”.

Por ser um jogo decisivo sempre haverá ansiedade nos jogadores, mas Fernando Santos até valorizou, desde que não seja excessivamente.

“Sempre há ansiedade, mas querer jogar bem, desde que não seja demais. A ansiedade no bom sentido não faz mal a ninguém ”, observou.

A proposta de aproximar todos os jogos vai apenas no sentido de jogar para vencer, mesmo contra o actual campeão mundial e sabendo que um empate a zero no jogo do quinto dia mantém Portugal na liderança do Grupo 3 e depende ele mesmo na última viagem.

“Eles sempre me ouviram dizer, desde o primeiro dia, que a proposta é vencer. Somos capazes, temos dinâmica, qualidade, criatividade e sabemos que estamos mais perto de vencer quando não sofremos ”, concluiu.

Portugal tinha todos os jogadores de futebol disponíveis, no último treino no Estádio da Luz, em Lisboa, palco do jogo da quinta jornada do Grupo 3 da Liga das Nações A, contra a França, que poderá ser decisivo.

Na abertura preparada para a comunicação social nos primeiros 15 minutos, o treinador Fernando Santos teve ao seu dispor o 25 jogadores chamadosDepois de ter tido apenas 14 na quinta-feira, já que 10 dos jogadores especificamente com Andorra (7-0) – a exceção foi Pedro Neto – e Cristiano Ronaldo também fez trabalhos de recuperação.

Portugal recebe neste sábado a França, no quinto dia do Grupo 3 da Liga das Nações A, o que pode ser decisivo para a qualificação para as semifinais da competição em que a seleção portuguesa defende o título conquistado em 2019.

Ambas as equipas têm 10 pontos, mas Portugal lidera o grupo, com o melhor saldo de golos (9-1 contra 7-3), faltando duas jornadas para o fim.

O encontro está marcado para as 19h45, no Estádio da Luz, em Lisboa, e será comandado pelo alemão Tobias Stieler.

O A’poule fecha na terça-feira, dia em que Portugal joga na Croácia e a França recebe a Suécia.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *