O WhatsApp não conseguiu restringir o encaminhamento de mensagens; aprenda o truque – 15/04/2020

Ganhe espaço! Veja como desativar o download automático no WhatsApp - 29/03/2020

O WhatsApp limitou o encaminhamento de mensagens altamente replicadas para uma única pessoa, grupo ou lista de transmissão, mas é claro que um brasileiro já encontrou uma maneira de contornar a restrição.

O pesquisador Fábio Castrou Gouveia encontrou uma maneira de encaminhar o conteúdo via WhatsApp para cinco contatos ao mesmo tempo, exatamente como era antes do aplicativo promover a mudança na semana passada.

Para reduzir a circulação de notícias falsas por meio do bate-papo, especialmente em tempos de coronavírus, o WhatsApp agora permite encaminhar uma mensagem encaminhada muitas vezes para um contato de cada vez. Vale ressaltar que isso se aplica apenas a “mensagens freqüentemente encaminhadas”, ou seja, elas já foram encaminhadas cinco ou mais vezes. Este conteúdo é indicado por duas setas cinza ao lado do “encaminhado”.

No entanto, Gouveia não apenas encontrou uma maneira de ignorar a estratégia do WhatsApp, mas também postou um vídeo para demonstrar que a técnica funciona. Inclinação Ele repetiu o procedimento em um telefone Android e em um iPhone e descobriu que realmente funciona.

O segredo é optar por compartilhar a mensagem com outro aplicativo. Quando a lista de programas aparecer, basta escolher o WhatsApp. Lá, será possível enviar o conteúdo, mesmo que o aplicativo precise reduzir sua difusão, em até cinco contatos.

Para fazer isso no Android, basta tocar na mensagem até que as opções de ação sejam selecionadas e exibidas. A partir daí, basta clicar nos três pontos no canto superior direito do aplicativo e escolher “compartilhar”. No iPhone, toque e segure a imagem até o menu de ação aparecer. Clique em “avançar” e depois no ícone de seta dentro de uma caixa na barra inferior esquerda.

A partir daí, no Android e no iPhone, uma tela será exibida com os aplicativos para compartilhar o conteúdo. Selecione WhatsApp e escolha contatos para enviar a mensagem.

Gouveia chegou até o WhatsApp via Twitter. Ele enviou a seguinte mensagem:

Encontrei uma lacuna na estratégia do WhatsApp para evitar o compartilhamento excessivo. Os robôs provavelmente já estão usando isso. Por favor, faça um trabalho melhor

Luta contra a desinformação

Não é a primeira vez que o WhatsApp reduz o número de pessoas para quem uma mensagem pode ser encaminhada. Até julho de 2018, um usuário podia transmitir parte do conteúdo para 250 contatos de uma só vez. Naquele momento, esse número caiu para 20.

A decisão foi uma resposta ao linchamento que ocorreu na Índia após mensagens falsas que espalharam o boato de que meninos e meninas estavam sendo seqüestrados por ladrões e criminosos sexuais. Mais de 20 pessoas foram mortas depois que as mensagens as identificaram como culpadas.

Elogiada por muitos, a medida foi criticada por aqueles que viram uma limitação em sua capacidade de se comunicar, como o então candidato à presidência. Jair Bolsonaro. Ele até mencionou que, uma vez no cargo, tentaria reverter a restrição.

Não só isso não aconteceu, mas o WhatsApp estendeu a limitação meses depois. De 20 referências, o aplicativo foi reduzido para cinco em janeiro de 2019.

Além disso, o WhatsApp relata que baniu dois milhões de contas por mês que tentam enviar mensagens automáticas ou em massa.

Por outro lado, o aplicativo lançou um novo recurso em suas versões de teste. Ao tocar no ícone da lupa, é possível pesquisar na Internet se as informações enviadas por um contato são verdadeiras ou não. O WhatsApp espera que a circulação de rumores e notícias falsas diminua se os usuários verificarem a veracidade do conteúdo antes de pensar em transmiti-lo.

SIGA A INCLINAÇÃO NAS REDES SOCIAIS

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *