Os documentaristas de Michael Bisping podem estar com problemas

O documentário de Michael Bisping supostamente atraiu a ira do UFC.

Os produtores de ‘Bisping: The Michael Bisping Story’ podem estar com problemas, já que o Ultimate Fighting Championship está processando por violação de direitos autorais depois que foi dito que imagens do UFC foram usadas no filme sem a devida licença para fazê-lo.

repórter do MMA TSN Esportes, Aaron Bronsteter, transmitiu esta informação citando twittar o relatório inicial de Esportes. Em seu tweet transmitindo os detalhes do relatório, Bronsteter disse:

“O UFC está processando a produtora de filmes canadense Score G Productions por violação de direitos autorais por usar imagens não licenciadas do UFC para o documentário “Bisping: The Michael Bisping Story” de acordo com @Sportico”

Veja o tweet abaixo

O UFC está processando a produtora canadense Score G Productions por violação de direitos autorais por usar imagens não licenciadas do UFC para seu documentário “Bisping: The Michael Bisping Story” por @Sportico twitter.com/sportico/statu…

‘Bisping: The Michael Bisping Story’ foi distribuído internacionalmente este ano e apresenta vários nomes importantes. Alguns nomes que fazem parte do documentário de Bisping incluem Joe Rogan, Mickey Rourke, Michael Jai White, Georges St-Pierre e Tito Ortiz.

O lançamento em Blu-ray e DVD ocorreu no final de junho. Todas as principais plataformas de vídeo sob demanda agora têm o documentário, baseado no primeiro campeão do UFC no Reino Unido.

A história de Bisping é realmente incrível, mas grandes documentários de MMA não são uma anomalia.


Michael Bisping e outros documentários de MMA

A história de vida de Bisping agora entra no espaço dos grandes documentários de MMA e ‘The Count’ entra para uma empresa de elite.

‘Choke’ de 1999 documentou Rickson Gracie em sua busca para vencer o torneio Vale Tudo de 1995 no Japão. Gracie entrou em um torneio de eliminação simples de uma noite e oito homens. Algumas das imagens dos bastidores retratam um momento verdadeiramente selvagem no esporte. O documentário também faz um mergulho interessante na linhagem profunda da família Gracie que popularizou o jiu-jitsu em todo o mundo.

O documentário de 2002, ‘The Smashing Machine: The Life and Times of Extreme Fighter Mark Kerr’, documenta um momento único no esporte do MMA. Kerr é mostrado participando de lutas de Vale Tudo no Brasil e também de lutas do UFC, que foram alvo de muita reação política na época. Mas o foco estava principalmente nos esforços de Kerr no PRIDE.

Isso inclui sua participação no Pride Openweight Grand Prix de 2000. O documento também mostra Kerr lidando com demônios do abuso de substâncias e as lutas de um relacionamento romântico tumultuado enquanto ele se prepara para as lutas.


You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.