Pacientes com diabetes são casos mais graves.

JBr.

Segundo o Ministério da Saúde, os principais alvos de casos graves do novo coronavírus no Brasil até agora têm sido pessoas com diabetes ou problemas cardíacos. Houve 77 mortes e 2.915 infectados em todo o país. A fatalidade de casos verificados é de 2,7%.

Ao analisar a situação dos hospitalizados (391 casos) e dos falecidos (59, no momento desta avaliação), o governo observou que 124 dos pacientes sofrem de doenças cardíacas. Cerca de 80 deles têm diabetes. Entre as mortes, mais de 30 tiveram problemas cardíacos e quase 20 eram diabéticos.

A velhice voltou a ser um fator de risco para complicações da doença. Dos 391 hospitalizados, 78 tinham entre 60 e 69 anos e outras 70 pessoas, entre 70 e 79 anos. No entanto, há um histórico elevado de pacientes hospitalizados entre 30 e 49 anos (103 pacientes). No entanto, a análise do perfil dos mortos mostra concentração entre os idosos. Dos 59 casos avaliados até 26 de março, 48 tinham mais de 70 anos.

“Os dados mostram que as maiores vítimas são os idosos, mas também qualquer pessoa com doença cardíaca ou diabetes”, disse Wanderson Oliveira, secretário de vigilância do Ministério da Saúde.

São Paulo. Estado com o maior número de casos confirmados e óbitos até agora (1.052 infecções e 58 óbitos), São Paulo infectou principalmente jovens, mas os óbitos estão concentrados em idosos.

Segundo o boletim do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Estadual de Saúde, 61% do total de casos confirmados até 24 (últimos dados detalhados disponíveis) tinham menos de 40 anos e a maioria (56%) era do sexo masculino.

Ao analisar o perfil dos mortos, o documento mostra que 92% das vítimas tinham mais de 60 anos e a maioria (67,5%) era do sexo masculino.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *