Papa diz aos bispos do Brasil que não tenham medo dos desafios de hoje

Após o encontro do Papa Francisco com os bispos das regiões brasileiras de São Paulo, Aparecida e Sorocaba na sexta-feira, o cardeal Odilio Pedro Scherer disse que o papa os exortou a estarem perto de Deus, seus irmãos bispos, padres e fiéis.

Por Salvatore Cernuzio

Preocupações e recomendações sobre a Igreja no Brasil, a vida do país e do povo, além de situações políticas e culturais: essas questões foram o foco das duas horas ad limina Visita de um grupo de bispos brasileiros com o Papa Francisco.

O grupo de 25 prelados das províncias de São Paulo, Aparecida e Sorocaba (Região Sul 1 da Conferência Nacional do Episcopado Brasileiro, CNBB) foi recebido na manhã desta sexta-feira no Palácio Apostólico, depois de ter visitado vários dicastérios da Cúria Romana em últimos dias e celebrou missas nas quatro basílicas papais.

Após a audiência papal, o Cardeal Odilio Pedro Scherer, Arcebispo de São Paulo, disse ao Vatican News Bianca Fraccalvieri que seu diálogo com o Papa foi “muito fraterno”.

Foi um momento muito intenso e bonito de renovação da fé e adesão à fé de Pedro e à missão.

Diálogo “fraterno”

O clima fraterno do encontro entre o Papa e os bispos brasileiros também foi de “bela colegialidade episcopal”, segundo vários bispos.

“O Papa nos disse que estamos aqui como irmãos”, dizem eles.

Durante a visita de duas horas, foram abordados os temas da sinodalidade, fraternidade episcopal, cuidado com o clero, proximidade com o povo, problemas e conflitos.

O Papa deu a palavra a todos os bispos que pediram a palavra, e cada um fez perguntas ou relatou suas próprias experiências e iniciativas de evangelização em suas dioceses.

Cardeal Scherer: ‘conversa espontânea com o Papa’

“Foi uma conversa muito agradável, com muita liberdade e espontaneidade”, disse o cardeal Scherer. “Também foi muito espontâneo, e tocamos em vários temas que fazem parte da nossa missão episcopal.”

Cada pergunta foi respondida pelo Papa com uma indicação, sempre com o objetivo de encorajar os bispos a viverem plenamente a missão episcopal, porque, disse – segundo os presentes -, “os bispos podem ser verdadeiramente testemunhas da verdade de Cristo e do Evangelho”. . “

O Papa Francisco também contou alguns exemplos de sua vida sacerdotal e episcopal, algo que os bispos disseram ter sido “um momento profundo de amizade, confiança, alegria”.


Troca de presentes

Pastores próximos ao povo

“Ouvimos o Santo Padre, suas preocupações, suas recomendações, sobre as grandes questões que fazem parte de seu ministério para toda a Igreja e a humanidade”, disse o cardeal Scherer. “Algumas das recomendações que ele nos deu são muito boas, a começar pela recomendação de sermos pastores próximos ao povo”.

“Quatro maneiras de ficar perto”

O Papa Francisco também lembrou ao grupo de bispos brasileiros “as quatro proximidades”, já expostas em conversas anteriores com outros bispos: “proximidade de Deus, de outros bispos, do clero e do povo”.

O papa também os exortou a cuidar de seus bairros “todos os dias de nosso ministério”, disse o arcebispo de São Paulo. “Também nos exortou a sermos pastores de esperança, a olhar para frente, a não ter medo dos desafios do nosso tempo, porque nunca houve um tempo sem desafios e dificuldades, por isso não devemos ter medo nem desanimar. , a partir da alegria do Evangelho que deve nos estimular a continuar nossa missão”.

Papa Francisco chega à audiência

Papa Francisco chega à audiência

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.