PIS-Pasep 2020-2021: Começa a ser pago o abono salarial dos bebês nascidos em setembro | economia

Ou crédito de salário XIXIPasep 2020-2021 começa a ser pago nesta terça-feira (15) para os trabalhadores com direito ao benefício nascido em setembro (PIS) ou com benefício final 2 (Pasep). As datas se aplicam a trabalhadores que não são titulares de contas do ATM ou o Cama e café da manhã – no caso deste último, o dinheiro já foi creditado diretamente em uma conta.

O cronograma de retirada estará em vigor até 30 de junho de 2021 (veja calendários abaixo) No caso dos PIS (trabalhadores do setor privado), o pagamento é feito de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. No Pasep (para servidores públicos), siga o número do benefício final.

Somente dentro do PIS, mais de 734 mil trabalhadores nascidos em setembro têm direito ao saque do benefício, totalizando R $ 567 milhões em recursos.

Governo libera novos saques do FGTS e extingue PIS-PASEP

Agenda de pagamentos

O calendário de recebimento leva em consideração o mês de nascimento, para trabalhadores do setor privado, e o número de registro final, para servidores públicos. O PIS é destinado aos trabalhadores do setor privado e é pago na Caixa Econômica Federal. O Pasep é pago aos servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Quem nasceu nos meses de julho a dezembro (PIS) ou tem matrícula definitiva entre 0 e 4 (Pasep) receberá o benefício em 2020. Nascidas entre janeiro e junho e com matrícula entre 5 e 9 serão recebidos no primeiro semestre de 2021. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2021, data limite para recebimento.

A Caixa disponibilizará para mais de 20,5 milhões de beneficiários do PIS cerca de R $ 15,8 bilhões ao final do calendário 2020/2021.

O valor do bônus varia de R $ 88 a R $ 1.045, dependendo do período trabalhado formalmente em 2019.

Cronograma de pagamento PIS

Calendário de pagamento do PIS – Foto: Reprodução

Calendário de pagamentos Pasep

Calendário de pagamentos Pasap – Foto: Playback / DOU

Qual é o valor e quem tem direito?

O valor do abono salarial varia de R $ 88 a R $ 1.045, dependendo da quantidade de meses trabalhados durante o ano base 2019. Somente quem trabalhou nos 12 meses de 2019 receberá o valor integral.

Você tem direito a um abono salarial quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais com carteira de trabalho assinada e exerceu atividade remunerada por pelo menos 30 dias em 2019. Você ainda deve estar cadastrado no PIS / Pasep há pelo menos cinco anos e ter os dados atualizada pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Para os trabalhadores que tiverem os dados declarados na Rais 2019 após o prazo, mas até 30 de setembro de 2020, o pagamento do benefício estará disponível a partir de 04 de novembro de 2020, conforme cronograma de pagamento. Aqueles que tiverem sua regularização encaminhada pelos empregadores após 30 de setembro e até 12 de junho de 2021, só a receberão no calendário do próximo ano.

Para saber se você tem o direito e como desistir

Para sacar o bônus do PIS, o trabalhador que possui o Cartão do Cidadão e senha cadastrada pode dirigir-se aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma lotérica. Caso não possua Cartão de Cidadão, pode receber o valor em qualquer balcão da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação.

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone da Caixa 0800-726-02-07. O trabalhador também pode fazer o agendamento no site www.caixa.gov.br/PIS, em Consulta de Pagamento. Para fazer isso, você deve ter o número do NIS (PIS / Pasep) em mãos.

Os servidores com direito ao Pasep devem verificar se há depósito na conta. Caso contrário, deverão procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar documento de identidade. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Cerca de 2 milhões de trabalhadores que não retiraram a verba salarial do calendário anterior, encerrado em 29 de maio deste ano, ainda podem sacar os valores. O prazo final é 30 de junho de 2021. Os saques podem ser feitos nos canais de atendimento com cartão e Senha do Cidadão, ou nos postos da Caixa.

A consulta do direito ao benefício, bem como do valor disponibilizado, pode ser feita por meio do aplicativo CAIXA Trabalhador, por meio do serviço CAIXA Cidadão – 0800 726 0207 e no site http://www.caixa.gov.br/abonosalarial/.

Veja as últimas notícias econômicas

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *