Pix começa a testar em operação restrita de terça a 15; veja como vai funcionar

O que funcionará na fase de teste?

Os clientes escolhidos para a operação restrita poderão utilizar o Pix para todas as funções que estarão disponíveis no dia 16 de novembro, como pagamentos e transferências instantâneas, além de pagamentos agendados e via QR Code.

Você viu aquilo? Battle for Pix intensifica disputa entre bancos e fintechs por novos clientes

Quem pode participar?

O Banco Central estipulou que as instituições financeiras podem incluir entre 1% e 5% de sua base de clientes na operação restrita. Essa amostra deve representar o número total de clientes pessoa jurídica e jurídica, bem como faixa etária e localização geográfica.

A escolha de quem vai participar foi feita pelas instituições financeiras, que já deveriam ter informado os clientes selecionados.

Se tudo correr bem, a partir do dia 9, as instituições poderão aumentar gradativamente o número de pessoas que podem usar o Pix ainda em fase de testes.

Pix é apenas o começo: Retiradas na loja, parcelamento … veja as novidades para 2021

Somente aqueles que registraram as chaves Pix podem fazer o teste?

Não, as pessoas que não cadastraram as chaves também poderão participar dos testes. Isso vai depender da escolha das instituições financeiras. O cadastro da chave não é necessário para participar do Pix, mas é um facilitador, pois agiliza todo o processo de transferência e pagamento.

Quais instituições entram na fase de teste?

Participarão dessa fase de testes as 762 instituições que já foram autorizadas pelo Banco Central a operar com o Pix. Entre eles, os cinco maiores bancos, Banco do Brasil, Caixa, Itaú, Bradesco e Santander.

Participarão também fintechs, como Banco Inter e Nubank, e sistemas cooperativos, como Bancoob e Sicredi.

Notícia: Pix pode ser usado para coletar FGTS

Qual será o horário de funcionamento?

Ao contrário de quando está totalmente operacional, o horário será restrito. Na maioria dos dias, uma pessoa que participa da operação restrita poderá realizar um Pix das 9h às 22h para qualquer outra pessoa que tenha uma chave registrada, mesmo que não esteja participando desta fase de teste.

A exceção é quinta e sexta-feira. Às quintas-feiras, o horário de funcionamento é das 9 às 24 horas e, às sextas, das 24 às 22 horas. Essa regra diferenciada permitirá que as instituições realizem os testes em um ambiente o mais próximo possível da realidade, com transações disponíveis 24 horas por dia.

Por que esse período é necessário?

De acordo com o Banco Central, esse período é necessário para que as instituições financeiras façam os ajustes finais em seus sistemas com base em situações reais. Problemas potenciais são esperados e Pix não funcionará 24 horas por dia apenas para que as instituições tenham tempo para corrigi-los.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *