Polícia brasileira encontra pintura roubada avaliada em quase 50 milhões de libras debaixo da cama | Brasil

Uma pintura de uma das artistas mais célebres do Brasil, a pioneira modernista Tarsila do Amaral, foi encontrada escondida debaixo da cama de um suposto trapaceiro que fez parte de um roubo de arte multimilionário construído em torno das falsas previsões de um falso clarividente.

A obra, avaliada em R$ 300 milhões, foi encontrada no Rio na manhã de quarta-feira durante uma operação policial contra uma quadrilha de vigaristas que se aproveitaram da viúva idosa de um negociante e colecionador de arte.

Quatro pessoas foram presas, incluindo a própria filha da vítima, que a polícia acusa de roubar 16 pinturas, avaliadas em R$ 709 milhões de sua mãe de 82 anos.

Uma das mais valiosas dessas obras de arte foi o Sol Poente de Amaral, uma espetacular pintura a óleo de 1929 que foi encontrada escondida no fundo de uma cama durante uma batida em uma das casas do suspeito.

UMA vídeo postado nas redes sociais mostrou o momento impressionante em que policiais da divisão de serviços superiores da polícia civil flagraram o sol poente em um apartamento à beira-mar em Ipanema.

“Bem, bem, bem, olhe o que temos aqui!” um oficial diz enquanto eles puxam a obra de arte de debaixo da cama e a desembrulham.

“Maldito inferno!” uma voz masculina responde em português enquanto o grupo celebra sua descoberta imediatamente reconhecível.

Outras obras de arte supostamente roubadas da vítima incluíam Masquerade do mestre modernista Di Cavalcanti e outras duas pinturas de Amaral: Pont-Neuf e O Sono. Ambos também valem dezenas de milhões de libras.

“Sabe aquelas histórias em que você diz: ‘Só vou acreditar quando vir’? E então você vê e diz: ‘Eu não posso acreditar!’? Esse é um desses!” um repórter da TV brasileira declarado enquanto traz aos espectadores notícias sobre crimes bizarros na quarta-feira na hora do almoço.

Algumas das 16 pinturas roubadas teriam sido vendidas a colecionadores estrangeiros, com duas delas chegando ao Museo de Arte Latinoamericano de Buenos Aires, na Argentina. Três foram rastreados até uma galeria de arte em São Paulo. Cerca de 1 milhão de libras em joias também foram roubadas.

De acordo com um comunicado da polícia, o golpe começou em janeiro de 2020, quando a filha da vítima contratou uma vidente falsa que foi incumbida de abordar sua mãe enquanto ela saía de um banco em Copacabana.

O charlatão cristalino alegou falsamente que a filha da mulher estava prestes a morrer e a levou a uma cartomante e sacerdotisa afro-brasileira que confirmou essa falsa previsão.

A polícia afirma que o trio se ofereceu para intervir espiritualmente, por uma taxa, e nas próximas semanas recebeu centenas de milhares de libras por seus pseudo-esforços.

Quando a viúva ficou desconfiada e se recusou a continuar pagando, ela foi confinada à força em sua casa na rica zona litorânea do sul do Rio, ameaçada, espancada e gradualmente despojada da coleção de arte que herdara de seu falecido marido.

Inscreva-se na First Edition, nosso boletim informativo diário gratuito, todas as manhãs de segunda a sexta às 7h BST

Tarsila do Amaral, ou Tarsila como é conhecida, é uma das mais importantes artistas sul-americanas do século 20, conhecida por seu uso ousado da cor, suas paisagens vivas e seu estilo profundamente brasileiro.

Nascida em São Paulo em 1886, estudou na Académie Julian em Paris e tornou-se uma das principais figuras do movimento modernista brasileiro nas décadas de 1920, 1930 e 1940.

Ele morreu em 1973, aos 86 anos.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.