Praia Clube passa por Osasco e enfrenta Sesc-Flamengo na final do Super Vôlei | vôlei

O Praia Clube está na final do Troféu Super Voleibol. Só no saque e no bloqueio, o time mineiro venceu o Osasco nesta sexta-feira por 3 sets a 1 (parciais de 26/24, 25/22, 23/25 e 25/21), no Centro de Desenvolvimento da O vôlei, em Saquarema-RJ, vai decidir o torneio contra o Sesc-Flamengo. Fernanda Garay, assim como na partida das quartas de final, foi eleita a melhor em campo pelo voto popular. Tandara, a aniversariante do dia, demorou a aparecer no jogo.

Com a vitória, Praia decide o título do Super Troféu de Voleibol contra o Sesc-Flamengo, que venceu o Minas por 3 sets a 2 na outra semifinal. A partida decisiva será neste sábado, às 21h30, em Saquarema-RJ, com transmissão do SporTV 2.

O primeiro conjunto foi uma das muitas mudanças de liderança. Praia começou melhor, mas deixou Osasco reagir. Com passe ruim do São Paulo, o time mineiro abriu cinco pontos em 12 a 7. Mas, no serviço, o Osasco fez a diferença e converteu com seis pontos consecutivos. Depois, foi a vez do Praia sacar bem e abrir de 20 a 17. A reta final foi melhor para o Osasco, que converteu bolas importantes com o Tainara e fez dois set points, em 24 a 22. O time mineiro, porém, acertou um Boa sequência de Claudinha no saque, empatou e venceu o set em 26 a 24, com Carol bloqueando em Tandara, aniversário da noite.

O Praia Clube quebrou a linha de passe do Osasco desde o início. Apesar da pequena vantagem, o time mineiro sempre tem o Osasco de lado. Garay, muito ativo, converteu bolas importantes e ajudou a seleção mineira a seguir até o limite. Gabi Cândido, que vinha bem no set, sentiu uma lesão na coxa e saiu da pista. O time paulista aproveitou os erros do adversário, empatou e desviou o toque de Carol na rede: 21 a 20. Mas o zagueiro do Praia se resgatou com três bons serviços seguidos, dois deles por pontos, e fechou o set: 25 a 22

Praia Clube vence Osasco por 3 sets a 1 em Saquarema-RJ – Foto: CBV / Divulgação

No terceiro set, o Osasco voltou bem. Aproveitando os contra-ataques e fechando a porta da Praia, abriu 6 a 2. A reação do time mineiro veio no saque, com Walewska marcando na base. Além de aproveitar a vantagem, virou o set e abriu vantagem em 12 a 7. Desafio do Osasco, Tandara respondeu, e o time tocou a reta final: 23 a 23. No saque de Naiane, o São Paulo virou-se e fechou a cena com Tandara, explorando o bloco: 25 a 23.

O Praia Clube voltou decidido a fechar o jogo depois de perder o terceiro set. A equipe virou bem e abriu quatro pontos. Mas, devido aos erros de saque de Praia e às bolas lançadas por Tainara, o Osasco empatou em 11 a 11. Após uma jogada e quase um minuto, Tandara colocou-a no chão e girou. Com o saque, Praia reagiu e abriu quatro pontos de vantagem: 19 a 15. O Osasco aumentou o volume do jogo na reta final e tocou em 20 a 19. Lá a reação parou, o time mineiro voltou a marcar com Garay e recuperou o controle. Em uma bola diagonal de Martinez, ele fechou o set em 25-21 e o jogo em 3 sets a 1.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *