Professora de arte que enviou foto nua para grupo de alunos no WhatsApp diz que estava ‘enviando erro’ | Campinas e Região

O professor, que disse preferir “manter o nome até que tudo se resolva”, admitiu o erro, mas ressaltou que há preconceito contra o naturismo e o erro que ele cometeu pode servir para levantar uma discussão sobre o assunto.

“Foi realmente um erro meu, na ideia de mandar um recado para os amigos, mandei no grupo errado. (…) Na arte, sempre existia o nu. Os artistas da televisão, vários, já publicaram fotos. Existem programas de nudez na televisão. No entanto, há um preconceito generalizado sobre o assunto. A história mostra o quanto estamos atrasados ​​em nossos conceitos ”, disse o professor.

O caso é investigado pela Primeira Delegacia da Mulher de Campinas e pela Secretaria de Estado da Educação. A pasta informou que o professor será removido. O Ministério da Segurança Pública (SSP-SP) confirmou que está investigando um homem por publicar fotos e vídeos “contendo pornografia infantil ou adolescente” (artigo 241-A do ECA). Um boletim de ocorrência foi registrado nesta quinta-feira (15).

O professor afirmou ainda que enviou mensagem para a coordenadora da escola explicando o ocorrido e que aguarda o retorno. Em setembro de 2019, a Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) aprovou o projeto de lei que regulamenta o naturismo. A proposta cria regras e define a prática como um “conjunto de ações da vida ao ar livre e uma forma de desenvolver a saúde física e mental, em contato com a natureza”. O texto não foi aprovado em plenário.

A 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Campinas encerrou neste domingo, 31 de março de 2019 – Foto: Luciano Calafiori / G1

A foto foi enviada na manhã desta quinta-feira (15), segundo boletim de ocorrência registrado pela mãe de uma estudante. De acordo com o cartório, o grupo foi criado pelos alunos para divulgar atividades da disciplina.

A mãe relatou, no boletim de ocorrência, que a professora se aposentaria e, na quarta-feira, se despediu dos alunos e disse que daria aulas até o final deste mês. Ele também afirmou que foi um prazer “brincar um pouco com a sua história, dentro ou fora da arte” e disse que deixou um folder com atividades.

Na manhã desta quinta-feira, às 7h43, ele enviou uma sequência de mensagens com os dizeres: “Professor é natural, professor é riso, professor é naturismo”.

Então ele enviou uma foto dele nu e segurando um copo de leite com chocolate. “Bom dia nua, com chocolate gelado e corpo nu”, diz a mensagem. A conversa impressa, enviada para G1, mostra que alguns membros deixaram o grupo logo depois.

VÍDEOS: os mais vistos do G1 nos últimos 7 dias

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *