programador salva Santos e Atlético, que vai passar na TNT

Antevisão para ser um “jogo cego” pela terceira rodada do Brasileirão no próximo fim de semana pela escolha da rodada de Turner, o duelo Santos x Atlético Paranaense foi salvo. Por conta da disputa preliminar contra a Globo, o programador decidiu agora transmitir a partida no próximo domingo (16), às 19h45.

Turner entrou em uma disputa judicial com a emissora do Rio de Janeiro após a edição da MP 984, que dá ao titular do partido o direito de vender sua transmissão.

Ontem (12), a Globo conquistou em segunda instância para proibir Turner de exibir Coritiba x Flamengo e Palmeiras x Goiás no sábado (15). Com isso, ainda pela manhã de hoje (13), Turner solicitou a mudança para a CBF e indicou que apresentará o jogo entre Alvinegro Praiano e Furacão. Isso, é claro, não será capaz de reverter a ordem judicial no tribunal.

Se Turner não mostrasse bem o jogo, Santos x Athleitco seria o segundo jogo do Brasileirão sem mostrar. O primeiro foi Fortaleza x Atlético, ainda no primeiro turno, por opção do mesmo programador, que preferiu mostrar na TNT a partida entre Coritiba e Internacional.

A escolha de não mostrar Santos x Atlético foi muito criticada pelos torcedores do time de São Paulo, que mostrou revolta nas redes sociais.

Horas antes de Turner decidir desistir do jogo, o Santos publicou um post defendendo a “MP do Mandante”, afirmando que não teriam mais jogos sem transmitir na televisão com a nova lei.

A partida seria “cega” também pela Globo, que escolheu outros três jogos para veicular na TV aberta no mesmo dia, no período da tarde: Basco x São Paulo, Fortaleza x Botafogo e Bahia x Red Bull Bragantino. No pay-per-view, o jogo não pode ser exibido porque o Hurricane não tem um acordo para transmissão na Premiere.

Ontem, o desembargador Maldonado de Carvalho, do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, concedeu medida cautelar em segunda instância à Globo, alegando que os contratos firmados pelo Brasileirão não podem ser revertidos e que o entendimento da antiga lei, onde ambos os clubes devem ter acordo para transmitir o jogo, devem continuar.

No total, Turner planejava exibir 11 jogos de clubes da Globo, incluindo três jogos exclusivos do Flamengo na estreia, contra Bahia, Ceará e Coritiba– e que serviria para recuperar o número de assinantes do serviço de pay-per-view da emissora, após o seu desligamento durante a rescisão imposta pelo coronavírus.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *