Quem é Amy Coney Barrett, candidata de Trump à Suprema Corte e o que sua escolha significa para a eleição?

  • Mariana Sanches – @mariana_sanches
  • BBC News Brasil em Washington

Subtítulo,

Amy Coney Barrett foi uma das favoritas para a publicação desde o início, mas as informações de bastidores divulgadas pela imprensa americana ainda não foram oficialmente confirmadas.

Uma semana após a morte da juíza da Suprema Corte Ruth Bader Ginsburg e menos de 40 dias antes das eleições presidenciais, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, já teria escolhido a substituição do progressista Ginsburg no tribunal.

De acordo com meios de comunicação norte-americanos como The New York Times e as redes de televisão CNN e CBS, o novo membro do tribunal será a magistrada conservadora Amy Coney Barrett, favorita ao cargo desde o início. Mas, como os trâmites fúnebres para Ginsburg só terminam nesta sexta-feira (25/09), o agendamento deve ser formalizado apenas no sábado (26). Ainda na sexta-feira, a Casa Branca se recusou a comentar o assunto.

Escolhendo Triunfo irá confirmar que os republicanos escolheram o caminho oposto ao que eles próprios defenderam em 2016, quando o juiz conservador Antonin Scalia morreu nove meses antes da eleição e o então presidente democrata Barack Obama foi impedido pelo presidente republicano do Senado Mitch McConnell de eleger um substituto.

Na época, McConnell justificou sua ação dizendo que, como as eleições foram encerradas, a escolha deveria ser deixada para o próximo presidente eleito, para garantir que os americanos tenham “voz” na escolha do novo membro da Suprema Corte.

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira Bezerra

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *