Quem vai ganhar a Laureate Brasil?

SÃO PAULO – Em 13 de setembro, Ser (SEER3) anunciou um acordo de compra da Laureate Brasil, que detém as principais marcas de ensino superior do Brasil, como Anhembi Morumbi e FMU. Consequentemente, haverá pagamento à vista e em ações, sendo a parcela em dinheiro de R $ 1,7 bilhão. Além disso, a Laureate receberá 44% das ações da Ser.

No entanto, é importante notar que o contrato com a Ser estabelece que a Laureate tem o direito de buscar transações mais vantajosas com terceiros até 13 de outubro de 2020, e a Ser terá o direito de igualar outra proposta. Caso a Laureate opte por outra oferta, a empresa deverá pagar multa de R $ 180 milhões ao Ser.

Com isso, o Yduqs (YDUQ3), no mesmo dia, afirmou em comunicado que acredita que poderá apresentar uma proposta competitiva mais atrativa, indicando “um forte potencial estratégico e gerador de valor que as empresas combinadas teriam.”

Assim, até o dia 13, o mercado educacional ficará atento a possíveis novidades sobre quem pode permanecer na empresa.

A Laureate Brasil possui mais de 50 campi em todo o Brasil em 13 cidades e sete estados e mais de 500 centros de educação a distância. No primeiro trimestre, a empresa contava com 267 mil alunos, sendo 82% presenciais e mais de 800 nos cursos de medicina. Regionalmente, concentram-se em São Paulo (50%) e no Nordeste (33%). Nos últimos doze meses até o primeiro trimestre deste ano, a empresa teve lucro líquido de R $ 2,2 bilhões, com ticket acima de Ser, Yduqs e Cogna e margem EBITDA de 19%.

Em análise de quem pode ficar com o ativo, o Bradesco BBI destaca que, além dos potenciais concorrentes para a aquisição estão a Ser e a Yduqs, que já manifestaram interesse, a Cogna (COGN3) e alma (ANIM3) também podem aparecer na corrida. Com isso, o banco destacou para quem a transação faz mais sentido, o que também pode incluir um maior apetite pela aquisição. Para a Ser, o negócio é avaliado através da oferta atual, enquanto os demais concorrentes têm a operação avaliada com um prêmio de 10% em relação à oferta da Ser.

Ao olhar os dados, tanto em termos de endividamento quanto de potenciais sinergias, os analistas Fred Mendes, Lucca Brendim e Gustavo Tiseo apontam que justamente Yduqs e Ser são os mais bem posicionados para adquirir a empresa, considerando que o cenário básico é que Yduqs permaneçam com a Laureate.

Análise do cenário da dívida antes e depois da compra da Laureate Brasil:

Razão DN / Ebitda * no 2T20Seja serYduqsKinkyAnima
Situação atual1,6 vezes2 vezes5,9 vezes1,7 vezes
Proposta de Laureate BR para ser6,2 vezes
Ser da proposta + 10%4,8 vezes8,3 vezes12,1 vezes

* ND / Ebitda = relação entre dívida líquida e lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização

Base de alunos de empresas regionais (dados de 2018):

RegiõesYduqsBocetaSeja serAnimaLaureado
InstalaçõesEducação a DistânciaInstalaçõesEducação a Distância
Nordestevinte%13%quinze%quinze%42%5%33%
São Paulo9%9%32%18%12%31%cinquenta%
Rio de Janeiro39%43%3%6%0%0%5%
Sobre ele4%6%onze%18%0%12%12%

* Fonte: Bradesco BBI, INEP

“Yduqs tem uma posição sólida de alavancagem e um tamanho maior. Portanto, a aquisição parece se enquadrar na estratégia da empresa de focar em cursos premium e EAD. Para a Ser, a oferta da empresa já foi aceita e, embora vejamos espaço limitado para a empresa negociar mais, seus concorrentes correm contra o relógio, visto que o negócio deve ser fechado antes de 13 de outubro. Porém, nosso caso base é que a Yduqs fará essa operação, levando em consideração também sua capacidade de disponibilizar mais dinheiro para a oferta ”, avaliam.

Segundo analistas, a aquisição parece estar em linha com a estratégia atual da empresa de adquirir negócios premium, a exemplo do que fez com a compra da Adtalem (dona de marcas como Ibmec e Damásio). “Além disso, a Yduqs opera com margens muito maiores do que a Laureate. Então, acreditamos que também há espaço para extrair sinergias nesse negócio, já que o Yduqs aumenta a eficiência operacional da Laureate ”, avaliam.

Uma questão que está no radar dos investidores é se o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) poderia bloquear a operação. No entanto, eles enfatizam que se a autoridade antitruste brasileira bloquear a transação devido à participação de mercado da Yduqs no Rio de Janeiro, a venda dos ativos da Laureate no estado não deve ser um obstáculo.

Em quanto a Seja ser, a aquisição deve consolidar a posição da empresa em alguns de seus principais mercados (São Paulo e Nordeste), ao mesmo tempo que expõe a empresa a um cliente de maior ticket.

Em nota, o Santander também destacou que Ser é um forte candidato a vencer a disputa, lembrando que já fez um acordo com a Laureate e que sofreria menos ainda com os “remédios” impostos pelo Cade.

Em quanto a Anima, a aquisição da Laureate pode consolidar ainda mais sua posição na região Sudeste, avaliam analistas do BBI. Além disso, a empresa possui um perfil de aluno semelhante, o que pode trazer sinergias e representar um início promissor para as iniciativas de educação a distância da Anima. Por outro lado, o negócio seria relativamente maior para a empresa em comparação com Yduqs e poderia ser mais dependente de aumentos de capital ou de um negócio envolvendo troca de ações.

Finalmente, eles apontam para o Kinky, a aquisição da Laureate consolidaria ainda mais a já forte posição da empresa em São Paulo, que os analistas estimam pode levantar uma bandeira amarela com a autoridade antitruste do Brasil. Além disso, Cogna anunciou recentemente seu aviões de “hibridizar” (com educação a distância e presencial) seus cursos. Portanto, mesmo que a Laureate trouxesse cursos premium, que também são do interesse da Cogna, ela também traria outros que a empresa deseja deixar para trás.

Do Zero ao Ganho: 4 dias grátis intensivo com André Moraes ensina como obter o primeiro lucro na bolsa. Clique aqui para se inscrever

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *