Rivalizador do Palmeiras, Delfín estreia-se na repescagem da Libertadores com 39% de sucesso | Palmeiras

Novato no nocaute da Libertadores, Delfín será rival do Palmeiras nas oitavas de final da competição sul-americana. Em sua terceira participação no torneio, o clube equatoriano avançou com a segunda pior campanha do geral.

Apenas sete pontos foram conquistados no Grupo G, que também contou com Santos, Defensa y Justicia (Argentina) e Olimpia (Paraguai). Com 38,9% de aproveitamento, avançou com seis gols marcados e sete sofridos.

As equipes se enfrentam pela primeira vez no dia 25 de novembro, às 19h15, no Estádio Jocay, em Manta, no Equador. A segunda etapa acontece paralelamente, no dia 2 de dezembro, no Allianz Parque, em São Paulo.

A campanha de Delfín na Libertadores 2020:

  • 4/3: Dolphin 1×1 Olympia
  • 3/10: Santos 1×0 Dolphin
  • 17/09: Golfinho 3×0 de Defesa e Justiça
  • 24/09: Dolphin 1×2 Santos
  • 1/10: Defesa e Justiça Dolphin 3×0
  • 20/10: Olympia 0x1 Dolphin

A comemoração dos jogadores do Delfín após a vitória sobre o Olimpia – Foto: Staff Images / CONMEBOL

Fundada em 1989, Delfín tem apenas um título nacional em sua história. Entre as classificadas nas oitavas de final da Libertadores, a equipe é a que menos conseguiu (82 tentativas em seis jogos) e a segunda que mais finalizou as rivais (101 tentativas).

Os equatorianos não têm a característica de ter mais bola nos pés do que os adversários, uma posse de bola média de 37%. Os contra-ataques são uma aposta. Nenhum atleta marcou mais de um gol na Libertadores: Acosta, Valencia, Corozo, Rojas, Ávila e Agustín Ale são os artilheiros.

– Ele está na Primeira Divisão desde 2016. Não tem o mesmo nome de LDU, Barcelona, ​​Emelec, que são os principais times do país. Delfín é humilde, mas começou a contratar bons jogadores. Quando chegou à final pela primeira vez em 2017, venceu a primeira mão do torneio invicto … A classificação na Libertadores é histórica. É uma equipe dura que busca sempre ser protagonista – disse o jornalista equatoriano Braian Avalos.

A equipe passou recentemente por uma reformulação. O técnico argentino Carlos Ischia saiu e chegou Miguel Ángel Zahzú. Natural de Manta, Carlos Garcés é um dos ídolos e capitão da equipe, tendo atuado em outras equipes do Equador.

Na vitória fora de casa contra o Olímpia, no último dia, a equipe jogou com: Banguera; Jonathan Gonzalez, Cangá, Agustin Ale e Nazareno; Ortiz, Velez, Oscar Benitez e Janner Corozo; Garces e Valência.

Rival do Santos na fase de grupos, o Delfín teve duas derrotas frente à Seleção Brasileira. A equipe é da cidade de Manta, que fica a cerca de 400 quilômetros de Quito, e envia seus jogos no estádio Jocay. O Palmeiras deve enfrentar um vôo de 10 horas até o local.

– O Delfín deu trabalho ao Santos tanto no Brasil quanto no Equador, mas mesmo assim se mostraram uma equipe com qualidade técnica muito limitada. Como visitante, conseguiu até prevalecer e criar as melhores chances, mas mostrou pouco repertório ofensivo e fez questão de chutar de longe. Em casa, caiu para trás no placar e ficou com um jogador a menos no primeiro tempo, mas conseguiu pressionar e chegar ao empate. Foi sancionado com um golo no final, numa jogada de desatenção da defesa – avaliou Gabriel dos Santos, Santos ‘ dar.

Será um confronto inédito para o Palmeiras, que enfrentou times equatorianos na Libertadores em dez ocasiões: seis vitórias e quatro derrotas. Em 2017, a equipe então comandada por Cuca foi eliminada pelo Barcelona de Guayaquil nas oitavas de final. O Verdão é o segundo clube brasileiro mais vitorioso no torneio sul-americano, com 103 vitórias e uma atrás do Grêmio.

O vencedor do confronto Palmeiras e Delfín está nas quartas de final do duelo entre Jorge Wilstermann (Bolívia) e Libertad (Paraguai).

+ Clique aqui e leia mais notícias do Palmeiras

Jocay Stadium, em Manta, Equador – Foto: Staff Images / CONMEBOL

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *