Roberto Carlos esteve “muito perto” de assinar pelo Chelsea em 2007

O lendário zagueiro brasileiro Roberto Carlos revelou recentemente que esteve muito perto de assinar pelo Chelsea no verão de 2007, após sua passagem de 11 anos pelo Real Madrid.

O brasileiro disse que estava “muito perto” de assinar pelo Blues, mas decidiu assinar pelo Fenerbache devido a um problema jurídico. Carlos chegou a afirmar que aceitou os termos após uma reunião com o proprietário do Chelsea, Roman Abrahamovich, em Paris.

“Tive duas propostas, Fenerbahçe e Chelsea. O Chelsea não deu certo, por isso assinei pelo Fenerbahçe.” Carlos disse. “Mas, com o Chelsea, foi muito perto.”

“Foi literalmente acordado e tive de ir até lá e assinar o contrato. Passou apenas uma semana antes de assinar pelo Fenerbahçe e tinha estado em Paris para encontrar Roman Abramovich e Peter Kenyon.”

Roberto Carlos disputou 527 partidas pelo Real Madrid durante sua estada na capital espanhola, com notável contribuição de 158 gols, conquistando quatro títulos da La Liga e três títulos da Champions League.

“Eu teria me saído bem na Premier League” – Roberto Carlos sobre sua possível transferência para o Chelsea

Roberto Carlos representando o Real Madrid na UEFA Champions League de 2004
Roberto Carlos representando o Real Madrid na UEFA Champions League de 2004

Roberto Carlos afirmou que as circunstâncias que levaram à sua contratação pelo Chelsea acontecem “muito” no futebol. O brasileiro acabou ingressando no Fenerbache, tendo feito 107 partidas pelo gigante turco em seus dois anos no clube.

“Infelizmente, nos momentos finais algo não funcionou pouco antes de terminar, o que acontece muito no futebol. Houve um problema com o advogado”, disse Carlos.

Carlos afirmou então estar ‘100% seguro’ de que teria um bom desempenho na Premier League, dadas as suas habilidades e experiência.

“No entanto, tudo foi acertado e tenho 100% de certeza que teria me saído bem na Premier League e teria me adaptado às minhas características”, concluiu o brasileiro sobre sua possível transferência para Stamford Bridge.

No final das contas, os Blues acabaram demitindo o então técnico José Mourinho apenas três meses após o verão de 2007, encerrando uma das passagens de maior sucesso na história da Premier League.

Não se pode ter certeza de quanto tempo de jogo teria sido dado ao brasileiro em qualquer caso, com o ex-internacional da Inglaterra Ashley Cole no auge de suas forças atuando do lado esquerdo dos quatro defensores do Chelsea.

Postado em 16 de fevereiro de 2021, 06:46

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *