Saint Laurent, Gucci e Balenciaga fabricarão máscaras para conter coronavírus

JBr.

As marcas de luxo francesas Saint Laurent e Balenciaga e a italiana Gucci farão máscaras para preencher a escassez na luta contra a propagação da pandemia de coronavírus, o grupo Kering ao qual os três pertencem.

“Oficinas francesas nas casas de Balenciaga e Yves Saint Laurent estão se preparando para fazer máscaras assim que as autoridades competentes aprovarem o procedimento e os materiais”, disse Kering, acrescentando que a produção será realizada “sob os mais rígidos requisitos. medidas de segurança, proteção da saúde de seus trabalhadores “.

Além disso, Kering entregará “nos próximos dias” aos serviços de saúde franceses três milhões de máscaras cirúrgicas que o grupo adquirirá na China e enviará para a França, segundo um comunicado.

A Gucci, por sua vez, comprometeu-se a fabricar 1,1 milhão de máscaras cirúrgicas e 55.000 aventais para profissionais de saúde na Itália, o país mais afetado pela pandemia.

Kering também fez uma doação, cuja quantia não especificou, para o Instituto Pasteur na França para apoiar a pesquisa no COVID-19.

A Rival de Kering, gigante de luxo LVMH, lançou há uma semana a fabricação “em grandes quantidades” de gel de álcool para hospitais em três de suas fábricas francesas, normalmente destinadas a perfumes e cosméticos da Dior, Guerlain e Givenchy.

Agence France-Presse

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.