Sault Family Planning Great 75ª Reunião Anual (5 fotos)

O clã Lauzon se destacou nos esportes; Tio escolheu a família para a oportunidade de treinar o Montreal Canadiens

Desde a década de 1940, a família Lauzon de Sault Ste. Marie realiza grandes reuniões anuais.

Agora, Jocelyne Brazil e seus familiares estão planejando a 75ª reunião da família de Lauzon, que será realizada no Glenview Cottages de 8 a 10 de julho.

Será um encontro agridoce.

“É lamentável que esteja se tornando muito trabalhoso continuar as reuniões, e é por isso que a 75ª será a última reunião familiar anual”, disse Brasil ao SooToday.

“Podemos fazer algo em mais ou menos cinco anos, mas agora é difícil fazer com que todos se comprometam a vir ao Sault porque eles (membros da família) estão por toda parte. Alguns deles estão no oeste ou no leste, e é caro vir para um fim de semana.”

Ao longo dos anos, e ao lançar um grupo privado no Facebook, Brasil e outros membros da família tornaram-se ‘a cola’ que mantém o clã Lauzon unido e organiza todas as reuniões.

Houve alguns membros extraordinários da família, vários deles envolvidos em esportes.

O tio do Brasil, Ed Lauzon, treinou hóquei em Port Arthur (agora Thunder Bay), ganhando uma Memorial Cup em 1948.

Ele foi convidado para treinar o Montreal Canadiens da NHL, mas recusou por um forte senso de lealdade e consideração por sua esposa e filhos.

“Ele optou por não (treinar o Habs). Ele estava em Thunder Bay e não queria mudar de família”, disse Brazil.

Outro tio, Henri, jogou com os Soo Greyhounds antes de passar para as Cataratas do Niágara e depois para o hóquei profissional com os Hershey Bears da American Hockey League (AHL).

Os irmãos Henri, Ed, Lorenzo e Xyste participaram do lacrosse, enquanto suas irmãs jogavam softball. Fotos e artigos de jornal relacionados ao envolvimento da família no esporte foram doados ao Museu Sault Ste. Marie em 2012.

“O amor pelo esporte ainda está vivo e bem na família Lauzon hoje. Há uma boa chance de você encontrar um membro da família participando ou participando de esportes”, disse Brasil.

George e Aurore Lauzon, avós brasileiros, casaram-se em 1906 em Nova York. Eles se mudaram para Hull, Que. e em 1917 ele escolheu Sault Ste. Marie como seu novo lar.

O casal teve 15 filhos:

  • existir
  • Eduardo (Ed.)
  • Lourenço
  • Henrique
  • simone
  • Laurita
  • fernanda
  • roland
  • Bernadete
  • Mary
  • Geraldo
  • Teresa
  • Jacques
  • emílio
  • Outra criança que morreu logo após o nascimento

11 das crianças sobreviveram até a idade adulta e quatro morreram jovens. Gerard e Jacques morreram quando crianças, Bernadette aos 12 anos.

O tio mais velho, Xyste (pronunciado como ‘existe’), entrou para o sacerdócio católico romano.

“Ele vinha às reuniões sempre que podia”, disse Brasil.

“Uma anedota engraçada é, e sempre rimos disso, é que sempre tínhamos um bar pronto para os caras, limpávamos a mesa do bar, ele montava seu altar para a missa e depois dizia ‘Ok, a missa acabou’, então limpamos o altar e remontamos a barra”.

Xyste Lauzon também realizou um casamento duplo para dois membros da família em 1947.

Enquanto algumas das crianças se mudaram para outras comunidades quando adultas (como Española, Thunder Bay, Dearborn, Michigan e Hershey, Pensilvânia), a maioria dos Lauzons permaneceu local e, em 1947, foi decidido que eles deveriam ser mantidos. encontros. no salto.

Naquela época, as reuniões eram planejadas por meio de telefonemas e correio normal.

“Minhas tias e tios queriam se reunir o máximo possível com as crianças e que os primos se conhecessem. Ele tinha duas tias, uma tinha um acampamento em Leighs Bay e outra tia tinha um acampamento em Gros Cap. Eles iriam rodar. Um ano a reunião seria em Leighs Bay, no outro ano em Gros Cap. À medida que nossos pais cresciam, nossa geração começou a assumir e ajudar a organizar as reuniões e mantê-los juntos. Como primos, todos nos conhecemos desde crianças e, à medida que crescemos, queríamos manter essa tradição de estarmos juntos”, disse Brasil.

“Quando essas propriedades foram vendidas, outro primo nosso começou a organizar as reuniões na ilha de St. Joseph. Nos encontramos lá nos últimos 15 ou 20 anos.”

Os destaques das reuniões familiares anteriores incluíam jogar doces e ir de casa em casa para desfrutar de um bolo de carne franco-canadense (tourtiere) até as primeiras horas da manhã após a missa de Natal.

Devido ao COVID-19, as reuniões familiares foram realizadas via Zoom em 2020 e 2021, disse o Brasil.

Até o momento, 108 membros da família planejam se encontrar em julho em quartos já reservados no Glenview Cottages, cada um esperando que a pandemia não afete seus planos de reunião para 2022.

Um membro sobrevivente de segunda geração da família Lauzon, Marg Lauzon, comemorou recentemente seu 94º aniversário.

Ele atualmente reside em uma casa de repouso local e a família espera participar da reunião de julho.

As atividades previstas para a família incluem cerimônia de boas-vindas, caminhadas, brincadeiras para as crianças, cantoria ao redor de uma fogueira, grande churrasco, missa em família e almoço de despedida em restaurante.

“O que estamos pensando em fazer este ano, se for viável, é colocar um food truck (para o assado). Ainda estamos no processo de organizar isso”, disse Brasil.

Como a reunião de julho será o último evento anual desse tipo para a família, Brasil disse que está se preparando bravamente para muitos abraços emocionais e lágrimas de despedida.

“Absolutamente”, ele riu bem-humorado.

“Os primos aqui em Sault talvez se reúnam algumas vezes por ano ou se reúnam em Sault, Michigan (com o lado americano do clã Lauzon).”

“Minha família, para mim, é tudo”, disse Brasil.

“Nossos pais incutiram muito amor e carinho um pelo outro.”

A família planeja manter contato através do Facebook.

“Acho que a mídia social é ótima se você usá-la corretamente”, disse Brazil.

“Foi mal utilizado por outros, mas mantivemos nossa página privada. Se usado corretamente, é uma ótima ferramenta.”

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.