Sete estreantes do Rugby Cranes estreiam-se em França

Em menos de duas semanas, os Rugby Cranes chegarão ao Aeroporto Internacional de Entebbe para um voo de conexão de 13 horas para as cidades francesas, Marselha e Aix-en-Provence, o destino.

Enquanto estiver lá, o técnico Fred Mudoola e seu grupo escolhido tentarão quebrar as algemas se classificando para a Copa do Mundo de Rugby de 2023 na França. No início da semana, Mudoola selecionou o que considera 28 dos melhores jogadores de rugby disponíveis no país, capitaneados por Ivan Magomu.

O primeiro obstáculo da equipe será vencer o vizinho e rival Quênia nas quartas de final em 1º de julho no Stade Maurice David. Supere o Quênia e jogue contra o vencedor entre Argélia e Senegal nas oitavas de final correspondentes.

O fiel 28 de Mudoola é uma mistura de experiência e juventude com sete jogadores sem limites em jogos competitivos de Rugby Cranes. Entre os atacantes, o adepto Alema Ruhweza, o bloqueador Akera Komaketch e o flanker Alhaji Manano estarão prontos para se apresentar no Rugby Cranes. Thomas Gwokto, James Mugisha, Timothy Odongo e Joseph Oyet estão todos prontos para aquele precioso primeiro toque nas costas.

O mesmo não pode ser dito para o ex-capitão Asuman Mugerwa, Collin Kimbowa, Charles Uhuru, Eliphaz Emong, Robert Aziku, Pius Ogena e Scot Olouch que fazem parte dos guindastes montados há algum tempo. Entre os zagueiros, o capitão Ivan Magomu junto com o lateral Lawrence Ssebuliba e Phillip Wokorach são os mais internacionais, enquanto Joseph Aredo, que estreou pela equipe há nove anos em 2013, retorna à configuração de testes.

Todos os olhos estarão em Mudoola e seu assistente, Bobby Musinguzi, em 1º de julho, com seus 15 titulares como ponto de interesse. Com os Cranes de 15 e 7 divorciados, o primeiro viu novos rostos subirem nas fileiras, mas a adição excepcional de Wokorach, com sede na França, é algo para ser otimista. Ele traz uma riqueza de experiência, tendo jogado na França em um nível mais alto do que seus companheiros de equipe por três anos.

Atacantes: Collin Kimbowa, Asuman Mugerwa, Alema Ruhweza, Santos Ssenteza, Faraj Odugo, Ronald Kanyanya, Akera Komakech, Charles Uhuru (vice-capitão), Eliphaz Emong, Joaquim Chisano, Robert Aziku, Michael Otto, Alhaji Manano, Jacob Ochen, Pius Ogena, Scott Olwoch Mark Omoding

Atrás: Paul Epillo (vice-capitão), Conrad Wanyama, Joseph Aredo, Ivan Magomu (capitão), Thomas Gwokto, James Mugisha, Timothy Odongo, Solomon Okia, Lawrence Ssebuliba, Joseph Oyet, Philip Wokorach.

Quartas de final da Copa da África de Rugby

Namíbia x Burkina Faso

Zimbábue x Costa do Marfim

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.