Show na televisão brasileira inicia campanha para Beirute

Isaura Daniel
[email protected]

São Paulo – A TV Cultura do Brasil transmitiu neste domingo (20) o show Um abraço em Beirute (Abraçando Beirute), com artistas brasileiros e libaneses. O show deu início a uma campanha de arrecadação de fundos para o Líbano, cuja capital foi atingida por uma grande explosão em 4 de agosto que ceifou 200 vidas, feriu 6.500 e danificou 400.000 casas e 40.000 edifícios. O canal de televisão libanês LBCI também apresentou o show ao vivo às 20h, horário de Beirute.

O cantor Fagner apareceu no programa.

O programa foi criado pelo Consulado Geral do Líbano no Rio de Janeiro, em parceria com a TV Cultura e com o apoio da Câmara de Comércio Árabe Brasileira (ABCC), que administra as doações. Os recursos irão para a Cruz Vermelha Libanesa. Um código QR estava disponível na tela para doações durante o programa de televisão. As doações ainda estão sendo aceitas e serão mantidas nos próximos dias (veja os detalhes do banco no final desta página)

O programa contou com canções, poesias e palavras de incentivo e solidariedade ao Líbano. Fotos e números sobre a destruição em Beirute foram mostrados, mas a mensagem central era de esperança. Um morador de Beirute relembrou o dia do desastre e disse que é doloroso andar pelas ruas de Beirute. “Queremos paz”, disse ele. Entre as apresentações, os apresentadores Marcelo Tas, Adriana Couto e Chris Maksoud pediram doações, assim como os próprios artistas.

Músicos brasileiros renomados tocaram canções cujas letras transmitem mensagens de esperança. “Eu sofro como todo mundo, só não afundo em dores sem fim. Eu poderia até mergulhar no fundo, um poço profundo de dor, mas aí saio de novo com um sorriso ”(traduzido livremente do português), Lenine cantou em sua canção“ Envergo, Mas Não Quebro ”(vou quebrar, mas não vou dobrar ) Gabriel Sater, filho de Almir Sater, cantou “a cada passo construímos e recriamos uma vida cheia de alegria”, de sua canção “Um Novo Amanhã Agora”.

Vanderléa e cantores de fundo: você deve saber como viver a vida

“Na minha banda aprendi que dando as mãos e ajudando uns aos outros podemos ir muito mais longe”, disse Nando, do Grupo Roupa Nova, que tocou no Sapato Velho. Toda a mostra contou com a direção de arte de outro músico do Roupa Nova, Ricardo Feghali, juntamente com Tim Rescala. Flávio Venturini cantou que amanhã o sol vai voltar, na música “Mais uma vez” e de Renato Russo. Zeca Baleiro tocou “Por minha rua” (All Over My Street) no concerto de Beirute.

Vários outros músicos, descendentes de árabes e outros, se apresentaram, entre eles Jorge Vercillo, Frejat, Fagner, Daniel, Sorriso Maroto, Badi Assad, Sami Bordokan, Pretinho da Serrinha e muitos outros. Gilberto Gil acompanhou ao violão a interpretação de “Andar Com Fé” (Caminhando com Fé). Marina Elali, cantora de origem árabe, cantou e disse que sua música era sobre esperança. “Estou enviando toda a minha fé, meu amor e minha energia positiva para nossos primos libaneses.”

Vanderléa, que falou sobre sua ascendência libanesa, cantou “É Preciso Saber Viver” (Você deve saber viver a vida) ao lado de um coral. A Orquestra Sinfônica de Beirute, regida por HArout Fazlian, acompanhou as cantoras Claudia Leitte, que cantaram a alegre “Perfect Love”; Lenine (na foto em cima); Fagner; Daniel; e o grupo Melim. Suas vozes foram gravadas individualmente, com arranjos fornecidos pelo maestro Tim Rescala. A cantora libanesa Jahida Wehbe fez várias apresentações com a Orquestra, e até cantou canções de compositores brasileiros.

Claudia Leitte: acompanhada por uma orquestra

Atores e atrizes como Drica Moraes e Osmar Prado recitaram versos do poeta libanês Gibran Khalil Gibran. “A beleza não está no rosto, a beleza é uma luz no coração”, disse a atriz Fernanda Montenegro, citando Gibran. O cônsul do Líbano em Campinas e cidades vizinhas, Miled Khoury, e o presidente da Academia Brasileira de Letras, Marco Lucchesi, transmitiram mensagens de solidariedade ao povo libanês. O programa de televisão abriu com o Cônsul Geral do Líbano no Rio de Janeiro, Alejandro Bitar, que explicou como foi e anunciou que a campanha de arrecadação de fundos estava aberta.

O show teve direção geral de Maurício Valim e Marcelo Amiky. Todos os artistas se recusaram a cobrar. O evento contou com o apoio da Liga Libanesa e da Federação das Entidades Libanês-Brasileiras do Estado do Rio de Janeiro.

Doações

Santander (código do banco 033)
Escritório: 3681
Conta corrente: 13003341-5
Número de Pessoa Jurídica (CNPJ): 62.659.784 / 0001-11
Câmara de Comércio Árabe Brasileira

Traduzido por Gabriel Pomerancblum

Captura de tela

Captura de tela

Captura de tela

Captura de tela

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *