Sinais, sinais fortes! Descubra como a sua TV “avisa” que está prestes a falhar – 02/06/2020

Pontos na tela, imagem “rolante” e alterações de cores. Você sabia que esses podem ser possíveis sinais de que sua TV irá falhar? Isso inclui as TVs mais modernas (plasma, LED e LCD) e o tubo mais antigo. Isso nem sempre significa que seu dispositivo irá quebrar, mas é bom ligar o radar.

“O mais importante é a rede elétrica da TV. Quanto mais flutuações na rede, maior a probabilidade de causar um problema e falhar. Isso em qualquer dispositivo eletrônico”, explica João Carlos Fernandes, professor de engenharia da computação no Instituto Mauá de tecnologia. Por esse motivo, é recomendável desconectar os dispositivos durante as chuvas, por exemplo.

Em conversação Inclinação, especialistas na área citaram sinais de que sua TV pode precisar de cuidados adicionais. Também vale lembrar que cada dispositivo eletrônico tem uma vida útil. Para televisores, esse número pode variar de cinco a dez anos de uso.

Smart TVs

Mais modernas e divididas entre plasma, LED e LCD, as TVs inteligentes são mais finas e mais frágeis que as mais antigas. Consequentemente, eles acabam tendo uma vida útil mais curta. Os problemas mais comuns estão relacionados à fonte e à rede elétrica.

Que bola branca é essa?

Mais comum em TVs LED, isso ocorre devido a um problema com a fonte de comutação, que fica na parte externa da TV e não mais na parte interna, como costumava ser. Um dia, devido a uma falta de energia, essa fonte pode não suportar variações de energia e fazer com que um ou mais LEDs na tela se queimem. E há aquele lugar estranho na tela, causando uma sombra em um determinado lugar.

Segundo Edson Tafeli, pesquisador do Laboratório de TV Digital da Universidade Presbiteriana Mackenzie, esse tipo de problema é elétrico e pode acontecer com qualquer marca. “Em geral, as empresas têm os mesmos fabricantes de LED. Portanto, não é possível dizer que isso ocorre apenas com uma marca”, explica ele.

Ligar e desligar

Você está lá, assistindo sua televisão quando de repente se desliga … e depois volta. Esse problema inicia e desativa, e um dia pode queimar para sempre. Às vezes o som ainda está presente, às vezes desaparece junto ou todo junto. Isso geralmente está relacionado a quedas de energia que afetam a fonte de alimentação interna.

Desfoque total

Televisores mais modernos também podem ter baixa qualidade de imagem e isso não tem conexão com a Internet. O defeito deixa a imagem sombreada e confusa e, durante a vida útil da tela, fica cada vez mais fraca até que tudo queime. Isso está relacionado a problemas com a placa de LED ou LCD.

TVs de tubo

Maiores e mais fortes, as TVs de tubo não são mais fabricadas no Brasil. Mas muitas famílias ainda têm o dispositivo, que normalmente sinaliza quando está prestes a queimar.

Squeaks

Se sua TV começar a ofegar, pode estar prestes a queimar. O problema pode estar no flyback, responsável por gerar a alta tensão para a imagem aparecer ou na fonte do dispositivo, que é o que alimenta os componentes para fazer a televisão funcionar.

Sem tempo

Normalmente, a imagem começa a “girar” na tela horizontal e verticalmente. O sintoma não está relacionado ao próprio tubo, mas ao painel de controle de tempo. Um sinal para algo não está mais indo bem na sua televisão.

Xi, cor perdida

A imagem começa a ficar incolor, sem saturação, até ficar preto e branco, e você não pode ver mais nada. Considerado comum, o defeito alerta você que algo está errado com sua TV e pode parar de funcionar. Por se basear em fósforo, algumas pessoas costumavam agitar o tubo da TV para que a cor fosse fortalecida, mas os especialistas não recomendam essa prática.

Cromaticidade

Esse problema é mais comum em televisões mais antigas, com uma vida útil que atinge o limite. A imagem estava embaçada e confusa, mas após cerca de dez minutos, ela começa a voltar ao normal. Isso ocorre em locais com mais umidade, principalmente nas cidades costeiras, e afeta o circuito elétrico do dispositivo.

Você quer que sua TV dure mais?

Embora os televisores não sejam projetados para durar para sempre, existem precauções simples para prolongar a vida útil do seu dispositivo. O professor de engenharia elétrica da FEI, Marcelo Parada, deu cinco dicas. Verificação de saída:

  • Siga o manual do fabricante.. Sim, é chato ler esse livro cheio de regras, mas pode ser crucial para o bom funcionamento da sua televisão.
  • Preste atenção à distância mínima da parede e de outros objetos na sua TV. Isso ocorre porque a televisão precisa de espaço para “respirar”. As informações estão no manual.
  • Tenha cuidado ao transportar seu dispositivo. Se você vai trocar de quarto, leve-o para a casa de seu amigo ou qualquer outra situação, leve sua TV para evitar atingir a tela cada vez mais sensível.
  • Evite produtos de limpeza na tela.. O álcool, por exemplo, pode deixar marcas. Idealmente, sempre use uma flanela seca para remover a poeira.
  • Não deixe sua TV descansar ao sol. O calor pode aquecer e danificar os componentes internos da TV. Além disso, o contato direto com a luz do sol na tela pode queimar você.

You May Also Like

About the Author: Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *