“The Walking Dead” ganha episódios bônus com “reviravoltas” originadas da pandemia – Observer

Afinal, a décima temporada de “The Walking Dead” não termina nesta segunda-feira. O episódio “A Certain Doom” deve ser o último, mas a chefe da série, Angela Kang, indicou que eles estão no pipeline. [ainda que apenas para 2021] seis episódios adicionais. E muitos têm partes inspiradas no bloqueio que resultou da pandemia Covid-19.

“Os seis episódios terão reviravoltas emocionantes nessas histórias”, disse o showrunner, no encontro virtual com jornalistas internacionais. “Eles se aprofundam em alguns desses personagens, quase uma narrativa antológica”, descreveu. “Vamos aprender muito sobre o que aconteceu no final planejado, episódio 16.”

Este é o episódio que estreia esta segunda-feira na Fox Portugal, às 22h30, e que funciona como um culminar, apesar de os seis episódios ainda não filmados terem saída prevista para 2021, antes do início do dia. 11. temporada.

De acordo com Lauren Cohan, que interpreta Maggie Greene / Rhee e retorna neste episódio, depois de anos, os roteiros a seguir vão deixar os fãs maravilhados.

“Tem sido incrível para nossos escritores ter todo esse tempo para escrever. Estamos recebendo roteiros com imersões profundas nos personagens, que são muito assustadores e que os fãs vão adorar ”, disse ele. “É um sonho. Estas são algumas das coisas que mais gostei, que mal posso esperar para filmar.”

Devido à pandemia covid-19, o retorno às filmagens será muito diferente e exigirá adaptações na forma de fazer “The Walking Dead”.

Angela Kang explicou, por exemplo, que não haverá cenas com 300 zumbis e haverá um grande foco nas histórias dos personagens e nas “diferentes formas como o terror e o arrepio acontecem”, caracterizando a situação como um “desafio criativo” .

“É um mundo completamente diferente para produções em todos os lugares”, disse Kang. “Existem muitos protocolos de segurança, que foram desenvolvidos em conjunto com sindicatos que representam atores, diretores e equipe técnica”, disse ele.

Além das máscaras e viseiras utilizadas por toda a equipe, os estúdios contarão com filtros de ar e luz ultravioleta e a produção será monitorada por infectologista. A conclusão de “The Walking Dead”, que está no ar desde 2010, será feita em várias partes. Primeiro os seis episódios adicionais, contados na 10ª temporada, depois os 12 episódios da parte I da 11ª temporada e, em 2022, os 12 episódios finais.

“A temporada [11] em duas partes tem a ver com a programação ”, disse Ângela Kang, explicando que essa embalagem mudou as expectativas da equipe, que vai filmar e produzir os episódios em sequência ao invés de parar para escrever, como costuma ser o caso entre as temporadas. “Estamos trabalhando para contar uma grande história nos 30 episódios restantes”, disse Angela Kang.

O showrunner retornará em 2023 para liderar o spin-off que continuará a seguir as histórias de Daryl Dixon (Norman Reedus) e Carol Peletier (Melissa McBride).

O universo pós-apocalíptico também será expandido com uma série de antologias, “Tales of the Walking Dead”, que está sendo criada pelo gerente de conteúdo Scott M. Gimple. O universo também conta com a série “Fear the Walking Dead”, que está em sua sexta temporada, e a nova “The Walking Dead: World Beyond”.

“As histórias vão continuar e com a série de antologias, há muitas oportunidades para destacar pessoas e cenários diferentes”, disse Angela Kang. “Do lado criativo, percebemos que haverá maneiras de o universo continuar a prosperar e isso é muito empolgante para nós.”

Lauren Cohan disse que não sabe se a personagem de Maggie será apresentada no spin-off ou na série de antologia, mas disse que todas as possibilidades estão sendo discutidas. “Há muito o que explorar com Maggie, porque ela está desaparecida há muito tempo”, disse a atriz.

Voltando à história, Maggie é acompanhada por um companheiro misterioso, a quem Cohan descreveu como “um amigo muito leal e protetor na estrada”. De acordo com a atriz, “entenderemos muito mais sobre ele quando voltarmos aos episódios extras e isso nos ajudará a entender onde Maggie esteve e o que aconteceu com ela.”

A atriz disse ainda que a volta de Maggie será marcada pelo confronto com Negan. “Vai ser muito complicado”, disse ele. “Posso dizer que um dos grandes impulsos para o retorno da próxima temporada será dominado pela situação não resolvida entre Maggie e Negan. É muito bom voltar. Vai ser cheio de conflitos ”.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *