Tribunal federal nega pedido do governador da MA de suspender voos para o estado

JBr.

O Tribunal Federal negou o pedido do governo do Maranhão de suspender vôos para o estado, que teve a primeira confirmação de um caso de coronavírus nesta semana. “A ordem judicial que pedimos ao Tribunal Federal para interromper os voos comerciais de passageiros é reforçada pela natureza do primeiro caso confirmado de coronavírus no Maranhão. Infelizmente, o juiz considerou que a alocação pertence ao governo federal “, afirmou o governador Flávio Dino (PCdoB) no Twitter no sábado.

O governador também tentou monitorar, com funcionários do estado, a entrada de pessoas que chegavam aos aeroportos, mas o estado também não tinha autorização do governo federal para realizar essa ação. Para reduzir a circulação de pessoas no Maranhão e impedir a disseminação do coronavírus, Dino decidiu suspender, em 19 de agosto, o transporte interestadual de passageiros por ônibus.

Status do conteúdo

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *