Tuchel pede reforços ao PSG e Leonardo responde: “Se queres ficar, tens de respeitar a nossa política” | futebol francês

UMA derrotado por 6 para 1 é à prova de crise, certo? Incorreta. O tempo em PSG Depois da vitória desta sexta-feira sobre o Angers não é amigável. Tudo porque o diretor esportivo Leonardo deixou claro que não gostou das declarações de Thomas Tuchel na entrevista coletiva na véspera do jogo. Na ocasião, o treinador admitiu que o elenco não apresenta a mesma qualidade da temporada passada e reiterou que precisa de contratações.

“Não gostamos da declaração. Eu pessoalmente não gostei e o clube não gostou. Todos vivemos, e não só no futebol, uma situação gravíssima (pandemia) ”, declarou Leonardo.

– Não gostamos do fato de não entendermos o momento. Eu não entendi a declaração. Veremos internamente o que fazer. O clube é muito claro sobre isso. Se alguém não está feliz, falamos sobre isso, sem problemas – disse Leonardo em entrevista coletiva.

  • Veja a tabela do Campeonato Francês

O treinador do PSG, Thomas Tuchel, e o diretor Leonardo: “Não gostamos nada” – Foto: Franck Fife / AFP

  • Adivinhe o futebol internacional: veja as apostas dos principais jogos do fim de semana

Na véspera do jogo contra o Angers, jornalistas perguntaram a Tuchel como ele analisava a qualidade do plantel diante da saída de vários jogadores e da falta de reposição. O treinador alemão foi sincero na sua resposta.

“Claro, é realidade (o elenco tem menos qualidade). Nem preciso dizer que sim. No momento não temos a mesma qualidade sem os mesmos jogadores ”, disse o treinador.

– Enquanto isso, farei o possível para não perder os jogos. Continuamos a fazer o nosso melhor e não aceitamos desculpas. Mas a realidade é que perdemos jogadores. Se continuar assim, não podemos exigir o mesmo (da temporada passada). Em geral, é claro que perdemos vários jogadores e não houve compensação – disse Tuchel na entrevista coletiva na quinta-feira.

5 ligas em 5 minutos: Juventus vai caçar e Guardiola encontra Bielsa

O zagueiro esquerdo Thiago Silva, o ala Meunier, o meio-campista Adil Aouchiche e os atacantes Cavani e Choupo-Moting deixaram o clube. Até agora, o lado Florenzi foi a única aquisição. Leonardo não quis comentar sobre possíveis contratações até a próxima segunda-feira à noite, quando a janela será fechada. Mas disse que Tuchel deve respeitar as decisões do PSG.

“Se você decidir ficar, deve respeitar as políticas esportivas e as regras internas”, disse ele.

– Nós decidimos as coisas internamente. Nós não precisamos disso de forma alguma. Não é sobre a janela de transferência, é sobre o formulário. O importante é que se você quer ficar no clube tem que ser feliz. Precisamos da vontade de sofrer pelo clube, do espírito de sacrifício mesmo em um momento difícil – disse o diretor brasileiro.

O PSG tem até segunda-feira à noite para contratar novos jogadores. Dois atletas estão entre as especulações da imprensa francesa no momento: o meio-campista do Tottenham Dele Alli e o Aouar do Lyon.

O inglês chegaria por empréstimo e o francês por empréstimo permanente. O Arsenal também olha para o jovem jogador do Lyon

O PSG chegou aos 12 pontos e agora só retorna a campo no dia 18 de outubro, após as partidas da seleção nacional contra o Nimes, fora de casa.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *