Uber anuncia reconhecimento facial com máscara para aplicação

Uber anuncia reconhecimento facial com máscara para aplicação

Quem ligar para o Uber na próxima segunda-feira (18) encontrará várias mudanças no funcionamento do aplicativo. A empresa quer antecipar o “novo normal” da reabertura dos países após medidas agressivas de distância social para conter a pandemia do novo coronavírus.

Tanto passageiros quanto motoristas devem prestar atenção médica para usar a plataforma. O CEO Dara Khoshwashahi apresentou esta nova versão do aplicativo nesta quarta-feira (13), em uma apresentação virtual à imprensa.

A principal mudança está do lado dos motoristas, que agora precisam tirar uma selfie com uma máscara para começar a trabalhar. Mas também, eles devem fazer uma verificação com os seguintes elementos:

  • Confirme que você não tem sintomas de covid-19;
  • Confirme se o veículo foi limpo naquele dia; y
  • Confirme que você lava as mãos com freqüência.

Esses requisitos serão representados em uma lista que também contém informações e sugestões de cuidados, como manter as janelas do carro abertas. Depois que o aplicativo confirmar que será adequado para os itens da lista, o driver poderá executar livremente.

No lado do passageiro, não haverá verificação de foto. Sachin Kansal, diretor sênior de produtos da empresa, justificou isso com base nas ferramentas pré-existentes do serviço.

“Temos a ferramenta de verificação de identificação em tempo real. Usamos esta foto para ver se foi a pessoa que se inscreveu para dirigir por nós. Tínhamos um modelo pronto para o motorista e nosso objetivo era lançá-lo o mais rápido possível”, explicou.

O que muda para o passageiro?

Isso não significa que a vida do passageiro permaneça a mesma. Agora, em vez de apenas escolher um destino e pegar o carro, surgiu uma nova etapa: o aplicativo exibirá uma mensagem pedindo ao passageiro que siga as ordens do governo, como:

  • Não use o aplicativo se você tiver covid-19 ou sintomas relacionados;
  • Use uma máscara ou proteção facial;
  • Lave as mãos antes da corrida;
  • É obrigatório sentar no banco de trás; y
  • Abra a janela, se possível.

Abaixo do texto, você pode clicar em um botão para procurar um carro.

Kansal disse que as novas políticas da plataforma se baseiam em três pilares: o conhecimento dos especialistas em saúde que apoiam a elaboração, a responsabilidade de todos que usam o aplicativo (motoristas, passageiros e pessoal de entrega) e a tecnologia adaptativa.

O segundo elemento deste pilar significa que tanto os motoristas quanto os passageiros devem tomar precauções ao usar o serviço. Caso contrário, eles podem ser notificados por violar as regras, especialmente o uso de máscaras, e podem ser excluídos da plataforma se não melhorarem seu comportamento em corridas futuras.

Desapego social e cautela

Outra mudança significativa diz respeito à categoria UberX, que oferece as corridas privadas mais baratas na plataforma. Anteriormente, permitia quatro passageiros no carro: um ao lado do motorista e três no banco de trás.

Sob as novas regras, apenas três passageiros podem entrar no carro por corrida. Nenhum deles deve sentar no banco da frente para manter uma distância física entre o motorista e os passageiros. Usando a mesma lógica, a categoria Uber Together permanecerá suspensa.

“Estamos tomando uma posição sobre segurança. Uma decisão que tomamos foi suspender o Uber Together, porque ter várias pessoas de lugares diferentes era perigoso. No UberX, geralmente são pessoas da mesma casa, sempre moram juntas”, disse Kansal, detalhando o Razão para permitir que três pessoas sejam espremidas no banco de trás.

O diretor explicou que a prioridade da empresa no momento não é pensar em gerar renda, mas em segurança. É por isso que renuncia aos serviços que poderiam gerar mais dinheiro. “Cometeremos um erro no lado da segurança e cuidados”.

Toda essa cautela também leva em conta as informações da OMS (Organização Mundial da Saúde) e do CDC (Centro de Controle de Prevenção de Doenças), instituições nas quais a Uber confiou para criar novas políticas.

Com esses dados, a empresa também preparou vídeos educativos que explicam, por exemplo, a maneira correta de usar uma máscara ou como limpar o carro.

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *