Uber vai exigir identificação do passageiro nas próximas semanas em Campo Grande

Novos passageiros que vão se registrar na plataforma de viagens da , devem apresentar ao requerimento um documento com fotografia. A medida entrará em vigor nas próximas semanas e os passageiros deverão apresentar o Bilhete de Identidade ou (Carteira de qualificação nacional).

Por muito tempo, os motoristas pediram, seja em greves ou protestos, que a verificação da documentação dos usuários fosse feita com o mesmo rigor que ocorre com os motoristas, para garantir mais segurança aos funcionários.

Após anos de reclamações, o Uber respondeu à notícia agora. Ao menos em parte, já que nem todos os usuários terão que passar pelo RG ou com foto.

Compreendo

A exigência será feita, pelo menos em princípio, aos usuários que não possuam cartão de crédito cadastrado e solicitem a viagem com pagamento à vista, uma vez que os crimes cometidos no aplicativo geralmente são cometidos por usuários sem cadastro bancário. O aplicativo começará a pedir ao usuário para exibir um documento automaticamente.

O pedido aparecerá dentro do aplicativo do passageiro, que deve abrir a câmera do smartphone e tirar uma foto do documento no exato momento em que a corrida é solicitada, da mesma forma que os bancos perguntam quando o usuário abre uma conta pelo celular .

Se o usuário colocar um documento falso no sistema, o Uber poderá detectá-lo instantaneamente e enviar a mensagem “não foi possível revisar o documento”, inviabilizando a corrida.

Como o recurso é voltado apenas para quem paga corridas a dinheiro, teme-se que isso inviabilize a inclusão no app, já que essa forma de pagamento é mais ular nas periferias.

De acordo com o presidente da Applic (Associação dos Parceiros das Aplicações do Transporte de Passageiros e Motoristas Autônomos do Mato Grosso do Sul), Paulo Pinheiro, a medida era aguardada há muito tempo pelos motoristas por questões de segurança. “É algo que dá segurança tanto para o trabalhador quanto para o passageiro. O Uber é a primeira plataforma a oferecer essa medida e esperamos que outras plataformas também possam fazer o mesmo ”, afirmou.

Atualmente, o Uber já realiza outros controles de passageiros, como a exigência de , que é verificado no banco de dados do Serasa, para usuários sem cartão de crédito.

Outros aplicativos também possuem soluções de segurança com verificações pré-corrida. 99 Pop, por exemplo, tem um recurso que pede aleatoriamente aos usuários que tirem uma selfie antes de viajar para deixar o rosto da pessoa no armazenamento.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *