Urgente! Governo anuncia nova projeção de salário mínimo para 2021

Após revisão da estimativa do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), o governo espera um novo aumento na salário mínimo, que pode passar dos atuais R $ 1.045 para R $ 1.087,85 em 2021. Portanto, o valor do piso nacional pode ser um pouco maior do que o que já foi projetado.

Anteriormente, a previsão apontava para um montante de R $ 1.069,55. Porém, com o crescimento do INPC de 2,35% para 4,10%, outro reajuste do salário mínimo foi necessário. Se aprovado pelo Congresso, o novo valor será implantado em janeiro e começará a ser pago no início de fevereiro do próximo ano.

Aumente sem lucro real

O cálculo do piso nacional será feito exclusivamente com base nas projeções de inflação deste ano. Isso significa que aumentar o salário mínimo não será ganhos reais, mas apenas para preservar o poder de compra.

É a terceira vez que o governo altera a projeção do piso nacional. Em abril, por exemplo, o salário mínimo para 2021 seria fixado em R $ 1.079, já que o INPC era estimado em 3,27%. Porém, em 31 de agosto, o valor foi reduzido para R $ 1.067, com a queda da inflação.

Portanto, é importante observar que não é possível determinar um salário mínimo exato para 2021, uma vez que a inflação ainda pode variar neste ano. Portanto, o aumento para R $ 1.087,85 é apenas uma previsão.

Cálculo baseado na inflação

A correção do salário mínimo, entre 2007 e 2019, foi baseada na Lei 13.152, que estabeleceu o reajuste do valor com base no Produto Interno Bruto (PIB) de dois anos anteriores e a variação da inflação. Assim, o aumento salarial ocorria sempre que havia crescimento econômico.

Porém, em 2019, o atual governo acabou com a política de reajuste do salário mínimo com ganhos reais. Desta forma, o piso nacional limita-se a seguir o disposto na Constituição, que defende a preservação do poder de compra dos cidadãos.

Ajuda financeira

Com esse método, o governo garante alívio financeiro, pois o aumento salarial reajusta automaticamente os benefícios da previdência e da previdência. Estima-se que o aumento de R $ 1 no salário gere um gasto de mais de R $ 355 milhões por ano nos cofres públicos.

Segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), mais de 49 milhões de brasileiros vivem com um salário mínimo. Mas a agência diz que a remuneração mensal deve ser superior a R $ 4 mil mensais e não R $ 1.045, o valor atual.

Leia também: Quem não votou pode perder ajuda de emergência? Olha o que o governo diz

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *