Vale reverte prejuízos e ganha US $ 995 milhões no segundo trimestre de 2020

Vale minério de ferro (Crédito: Agência Vale)

SÃO PAULO – Ok (VALE3) obteve US $ 995 milhões no segundo trimestre deste ano, revertendo uma perda de US $ 133 milhões observada no ano anterior. No trimestre anterior, a mineradora registrou uma perda de US $ 239 milhões.

O Ebitda ajustado pro forma, excluindo US $ 130 milhões em despesas relacionadas a Brumadinho e US $ 85 milhões em doações relacionadas ao Covid-19, totalizou US $ 3.586 milhões, superando em US $ 545 milhões o valor observado no primeiro trimestre de 2020 Um ano antes, o valor era de US $ 4.630 bilhões.

Após esses efeitos, o EBITDA ajustado da mineradora (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) foi de US $ 3.371 bilhões no segundo trimestre de 2020. No segundo trimestre de 2019, foi de US $ 3.098 mil milhões.

“Nos primeiros seis meses de 2020, o impacto da pandemia de Covid-19 nos custos e despesas da Vale foi de US $ 112 milhões, dos quais US $ 85 milhões foram gastos em iniciativas para combater a pandemia, como doações testes rápidos e equipamentos de proteção individual para governos federais e estaduais e apoio a hospitais e unidades de saúde locais e US $ 27 milhões para aumentar os custos operacionais “, explicou.

Apesar da melhora nos ganhos, o lucro operacional líquido da empresa caiu de US $ 9.186 bilhões no segundo trimestre de 2019 para US $ 7.518 bilhões entre abril e junho deste ano. No trimestre anterior, o valor havia sido de US $ 6.969 milhões.

A margem Ebitda, que é a relação percentual entre o lucro líquido e a geração operacional de caixa, passou de 41% no primeiro trimestre deste ano para 45% no final de junho de 2020. Um ano antes, era de 34%.

A dívida líquida da mineradora, de US $ 4.697 bilhões, teve uma pequena queda em relação ao primeiro trimestre de 2020 (US $ 4.808 bilhões). No segundo trimestre do ano passado, o número era de US $ 9.726 milhões.

Minério de ferro

O preço médio de referência do minério de ferro (62% Fe) foi de US $ 93,3 por tonelada métrica seca (dmt) no segundo trimestre de 2020, 5% superior ao valor observado no trimestre anterior “. cenário alto nível de produtividade do aço combinado com a redução dos estoques de minério de ferro nos portos da China “, segundo a empresa.

A empresa de mineração disse que no segundo trimestre deste ano os mercados ex-chineses foram os mais afetados, já que as medidas para conter a expansão do Covid-19 levaram ao fechamento maciço da indústria, à interrupção das cadeias de suprimentos, uma queda nas compras de carros. , impedindo as empresas de investir em bens de capital e construção em vários países.

“Tudo isso quase paralisou a demanda por aço e levou as siderúrgicas a fazer cortes acentuados na produção. A produção de aço no primeiro semestre de 2020 diminuiu 19% na UE28, 18% na América do Norte e 17% no Japão em comparação com o primeiro semestre de 2019. O efeito foi semelhante nas economias emergentes, com produção de aço que diminuiu 24% na Índia e 20% na América do Sul ”, explicou a empresa.

No entanto, segundo a Vale, o momento mais crítico para os mercados globais parece ter sido alcançado no segundo trimestre deste ano, e a demanda deverá se recuperar lentamente a partir do segundo semestre de 2020.

“Na China, o relaxamento do crédito tem sido fundamental para impulsionar o mercado imobiliário, enquanto os investimentos em novos projetos de infraestrutura continuarão tendo um impacto positivo na economia real, proporcionando crescimento na demanda por aço e, portanto, uma produção de aço saudável no segundo semestre deste ano ”, completou a empresa.

Dividendos

Além do resultado, a Vale também anunciou nesta quarta-feira que seu conselho de administração aprovou hoje o pagamento de juros sobre capital próprio, aprovado em 19 de dezembro de 2019, de aproximadamente R $ 1,41 por ação.

O pagamento será feito em 7 de agosto de 2020 aos acionistas titulares de ações negociadas na B3 e American Depositary Receipts (ADR) negociadas na NYSE (New York Stock Exchange) nos respectivos prazos, 26 e 30 de dezembro de 2019.

O conselho de administração da empresa também decidiu restabelecer, sem alterações, a política de remuneração dos acionistas suspensa em janeiro de 2019, após a tragédia em Brumadinho.

A política exige que os dividendos mínimos calculados com base nos resultados do primeiro semestre de 2020 sejam pagos em setembro. “O valor total dos dividendos e a data do pagamento estarão sujeitos a uma nova decisão do conselho de administração”, afirmou a Vale em nota.

A carreira que mais treina milionários: descubra o primeiro MBA no Brasil totalmente dedicado ao mercado de ações

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *