Veja como se proteger de um aplicativo espião que acessa suas fotos e grava conversas – 11/11/2020

Veja como se proteger de um aplicativo espião que acessa suas fotos e grava conversas - 11/11/2020

É um erro pensar que ficar em casa e manter a distância social são suficientes durante a quarentena. Quando se trata de segurança digital, existem precauções que todos devem seguir. Os especialistas observam que algumas ameaças virtuais cresceram durante a pandemia. E, se você é mulher, o risco pode ser ainda maior, uma vez que a perseguição digital pode estar relacionada ao crescimento da violência Doméstica.

Entre março e junho deste ano, houve um aumento de 51% no uso de spyware, stalkerwares, segundo a empresa de segurança digital. Avast. O índice refere-se aos blocos fabricados pelos sistemas da empresa em comparação com os dois primeiros meses do ano.

Segundo a análise, somente no Brasil 3.048 usuários foram afetados por ameaças de stalkerwares desde março, representando uma média mensal 30% maior em relação a janeiro e fevereiro de 2020.

Como funcionam os stalkerwares

Stalkerwares são aplicativos on-line de espionagem e perseguição projetados para permitir que as vítimas acessem seus telefones celulares sem que eles percebam.

Esta aplicação pode rastrear uma pessoa através da localização e acessar fotos e vídeos pessoais. Também é possível acessar e-mails e redes sociais, como WhatsApp e Facebook. Além disso, o “perseguidor” pode permitir que as chamadas sejam interceptadas e gravadas.

“O Stalkerware é uma categoria crescente de malware doméstico, com implicações perturbadoras e perigosas. Enquanto o spyware e os infostealers procuram roubar dados confidenciais, o stalkerware é diferente: rouba a liberdade física e on-line das vítimas”, diz Jaya Baloo, diretora. Sistema de segurança da informação Avast.

Perseguição digital e violência contra as mulheres.

Também foi identificado o crescimento no uso de aplicativos espiões voltados para mulheres. Segundo a empresa, isso está relacionado ao aumento da violência doméstica registrada durante a quarentena.

No Brasil, segundo dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, o aumento de denúncias de violência contra a mulher foi de 27% entre 2019 e 2020. As queixas aumentaram de 15.683 para 19.915 entre março e abril.

Segundo Jaya Baloo, esse tipo de software geralmente é instalado em telefones celulares por amigos falsos, cônjuges ciumentos, ex-parceiros e até pais preocupados. “A Stalkerwares rastreia a localização física da vítima, monitora sites visitados na Internet, mensagens de texto e telefonemas, prejudicando a liberdade on-line e a liberdade individual do indivíduo”, disse o executivo.

Saiba como se proteger

Com a ajuda de algumas dicas fornecidas pela empresa de segurança, listamos abaixo como se manter protegido:

  • Use mecanismos de bloqueio de tela do telefone celular, como senhas (PIN) e / ou dados biométricos (digitais ou faciais).
  • Evite emprestar seu telefone desbloqueado para outras pessoas. Pode levar menos de um minuto para instalar um aplicativo stalkerware.
  • Instale um antivírus confiável no seu telefone. Eles podem detectar se existe um sistema malicioso no seu dispositivo e, em alguns casos, podem informar que um aplicativo espião está instalado.
  • Se você suspeitar que foi alvo de spyware, procure ajuda especializada. Mas evite usar seu próprio telefone para denunciar. Se puder, use um dispositivo anônimo, como o computador ou o telefone de um amigo, para impedir que o agressor descubra suas intenções.
  • Procure também ajuda no caso de violência doméstica. É importante registrar o boletim de ocorrência para iniciar uma investigação. Além disso, as organizações de defesa de mulheres podem ajudar com aconselhamento, apoio psicológico e questões de segurança pessoal, física e digital. Veja aqui como fazer um relatório sem sair de casa.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *