Veja os fatores que fizeram Fernando Diniz respirar e recuperar a confiança em São Paulo | São Paulo

As últimas três semanas pressionaram o técnico Fernando Diniz no São Paulo. O início irregular do Campeonato Brasileiro, com um futebol pouco emocionante, fez com que o treinador tivesse alguns dias turbulentos.

ELE dar publicou no início de agosto, inclusive, que os primeiros cinco jogos do Campeonato Brasileiro seria um termômetro de placa para avaliar o trabalho do treinador, criticado pela eliminação do Mirassol, no Paulistão.

Na última quarta-feira aconteceu o quinto jogo da série, e com vitória. Antes do Athletico-PR, São Paulo venceu no Morumbi, subiu ao terceiro lugar no Brasileirão, com os mesmos 10 pontos do vice-líder, e respira um pouco mais aliviado para enfrentar o Corinthians, no próximo domingo, às 11h (de Brasília), em casa.

Muitas das mudanças neste período estão nas mãos de Fernando Diniz, que fez diversas adaptações dentro e fora de campo e conseguiu responder rapidamente em meio a protestos e incertezas sobre o futuro da equipe. A primeira sequência decisiva, portanto, foi superada com boas notícias.

Fernando Diniz no jogo do São Paulo – Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Depois de perder para o Vasco, no terceiro round, Diniz viu a urgência de trocar de parte do time. Coube à defesa, que havia sofrido cinco gols nos últimos seis jogos da equipe até aquele momento.

Léo, 24, e Diego, 21, assumiram o lugar de Bruno Alves e Arboleda. A mudança para o jogo contra o Sport causou grande revolta entre os torcedores, que não digeriram a ideia de ver a consagrada dupla defensiva no banco.

Léo, de São Paulo, em jogo contra o Atlético – Foto: Rubens Chiri / Saopaulofc.net

A mudança de Fernando Diniz, porém, foi calculada e recebeu apoio da diretoria. No treino que definiu a mudança, o Presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, Leco, acompanhou a atividade e apoiou a decisão do treinador.

O resultado desta aposta de Diniz foi visto nos últimos dois jogos, quando o São Paulo não sofreu golos e marcou seis pontos com a dupla defensora em destaque.

O crescimento do São Paulo nos últimos três jogos tem muito da contribuição do atacante Luciano. Nos três jogos disputados, o jogador marcou dois gols e deu assistência.

A contratação de Luciano, que disputa uma troca do Grêmio pelo Everton, foi um pedido de Fernando Diniz. Os dois trabalharam no Fluminense em 2019, e o jogador se divertiu muito.

Luciano vem sendo elogiado internamente e também caindo a favor da torcida, que até agora o considera um sucesso para o clube. Foi substituído por Everton, hoje no Grêmio.

Luciano, de São Paulo, comemora gol contra o Atlético-PR

O meio-campista enfrenta alguns problemas pessoais, como disse Fernando Diniz em entrevista coletiva na última quarta-feira. Além disso, ele sofria de dores lombares e era subutilizado.

Apesar de estar pressionado para colocar Hernanes em campo, Diniz tratou a situação com calma e queria entender o que estava acontecendo com o jogador. O cuidado foi bem visto pela diretriz, pois evitou a erosão da imagem do ídolo paulista.

– O Hernanes tem um problema interno e as pessoas especulam e especulam muito. Eles têm poucas informações e acabam falando mal. Querem criar discórdia, intriga … Hernanes Tenho carinho por ele, respeito e sei que ele me tem. Ninguém foi desrespeitado em momento algum. Ele nunca teve sangue com Hernanes. Ele tinha carinho, carinho, compreensão e amor – disse a técnica.

“Hernanes talvez num momento oportuno fale porque estas coisas lhe aconteceram, assim”, acrescentou.

Na vitória contra o Atlético, o Hernanes entrou no segundo tempo, mudou a dinâmica de jogo e o São Paulo chegou à vitória com uma boa atuação do meia. Acredita-se que aos poucos ele retornará à sua melhor forma e reassumirá a liderança e o bom futebol.

Hernanes mais uma vez ganhou espaço em São Paulo – Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Neste domingo, às 11h, no Morumbi, Fernando Diniz terá sua prova de fogo no duelo contra o Corinthians, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Uma vitória com combinação de resultados pode colocar o São Paulo na liderança.

Mudanças serão feitas na equipe, já que Reinaldo, sancionado com o terceiro cartão amarelo, e Daniel Alves, lesionado, têm algumas ausências. Essa é a oportunidade de Diniz se consolidar e mostrar que pode fazer o São Paulo sonhar grande nesta temporada.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *