Vídeo mostra protesto de 2018, não ônibus da seleção brasileira

Direitos autorais AFP 2017-2022. Todos os direitos reservados.

Usuários de mídia social afirmam que um vídeo mostra pessoas jogando objetos em um ônibus que transportava a seleção brasileira de futebol após a Copa do Mundo de 2022, onde foi eliminada nas quartas de final contra a Croácia. Isto é falso; Pesquisas reversas de imagens mostram que o clipe é de 2018, e as autoridades brasileiras disseram à AFP que ele mostra manifestantes atacando um veículo que eles erroneamente pensaram que transportava um ex-presidente.

“Seleção brasileira sendo recebida em casa na chegada do Catar”, diz texto sobre uma versão de vídeo compartilhado em 12 de dezembro de 2022.

O mesmo encurtar estava compartilhado em várias línguas Y países sobre plataformas tal como tik tok, Facebook, Twitter Y YouTube, com de várias iterações visto dezenas a partir de Milhares a partir de vezes.

Comandado por craques como Neymar, do Paris Saint-Germain, e Vinicius Junior, do Real Madrid, o Brasil entrou na Copa do Mundo de 2022, no Catar, entre os favoritos para levar o troféu, mas falta 9 de dezembro para a Croácia. Argentina foi para vitória o torneio, derrotando a Croácia nas semifinais antes de vencer a França em uma final decidida nos pênaltis.

Embora a saída do Brasil tenha devastado a seleção jogadoras Y fãs De volta a casa, o vídeo que circula nas redes sociais não mostra o retorno do elenco.

Pesquisas reversas de imagens revelaram que o vídeo foi carregado em março de 2018. Publicações Y artigos diz shows manifestantes jogando projéteis em um verde Santa Catarina Acredita-se que o ônibus transportava Luiz Inácio Lula da Silva, que foi presidente do Brasil de 2003 a 2010 antes de ser preso por acusações de corrupção. Lula estava reeleito em outubro de 2022.

Captura de tela do TikTok tirada em 21 de dezembro de 2022
Captura de tela de um vídeo do YouTube de 2018 feito em 21 de dezembro de 2022

Captura de tela do TikTok tirada em 21 de dezembro de 2022
Captura de tela de um vídeo do YouTube de 2018 feito em 21 de dezembro de 2022

Mas o veículo não transportava Lula ou militantes de sua campanha, era um ônibus que viajava do Rio de Janeiro para Foz do Iguaçu no Paraná, de acordo com um comunicado enviado à AFP pela Polícia Rodoviária Federal do Brasil, citando um boletim de ocorrência. O fato ocorreu no município de São Miguel do Iguaçu no dia 26 de março de 2018.

“O ônibus em que eles estavam foi apedrejado por pessoas que estavam lá para protestar contra a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva”, disse a agência no comunicado, traduzido do inglês para o português. “Esses apedrejamentos quebraram vidros do lado esquerdo e jogaram ovos e tomates dentro do veículo, colocando em risco a vida do motorista e dos passageiros”.

O partido político de Lula, o Partido dos Trabalhadores, também escreveu em seu site na época em que o ônibus era ocupado por cidadãos comuns.

Não está claro como a seleção brasileira de futebol foi transportada para casa após a Copa do Mundo. Mas o esquadrão postagens de mídia social — e vídeos e fotos capturados pela AFP — mostram os jogadores em um ônibus amarelo e verde diferente no Catar.

A seleção brasileira chega ao Westin Doha Hotel & Spa em Doha em 19 de novembro de 2022 antes da Copa do Mundo de Futebol do Catar 2022 (AFP / NELSON ALMEIDA)

O mesmo clipe de manifestantes atacando o ônibus verde catarinense manchado on-line ao lado de reivindicações semelhantes depois que o Brasil perdeu para a Bélgica na Copa do Mundo de 2018.

A AFP procurou a Confederação Brasileira de Futebol para comentar, mas não houve resposta.

A AFP desmentiu outras desinformações sobre a Copa do Mundo aqui.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *