‘Você deve demonstrar equilíbrio e bom senso. Ou renunciar ao cargo “, diz Amoêdo de Bolsonaro

Derrotado candidato à Presidência em 2018, o empresário João Amoêdo (Novo) descreveu o pronunciamento de Jair Bolsonaro como “inaceitável”, no qual declarou que havia votado no segundo turno daquela eleição. Ele diz que o presidente deve considerar a renúncia.

“Temos uma imagem muito séria e incerta pela frente. Eu deveria ir a público amanhã, apresentar um plano, mostrar a seriedade da situação, demonstrar equilíbrio e bom senso. Ou desista da publicação “, escreveu ele no Twitter.

Bolsonaro pediu o fim do “fechamento em massa” diante da escalada da pandemia de coronavírus em um discurso preparado no gabinete do presidente com a participação de poucas pessoas e em segredo. O conselheiro Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente, participou da redação do texto.

Ele também criticou o fechamento de escolas, entre outras medidas adotadas por governos e municípios, e a imprensa, porque em sua opinião ele deu à população um “sentimento de medo” e promoveu o “cenário de histeria”.

O presidente havia sido elogiado dentro do próprio governo por estar aberto ao diálogo com os governadores e notando uma mudança de atitude em relação aos efeitos da covid-19, que já matou 46 pessoas no país. A declaração, no entanto, surpreendeu negativamente as autoridades do Planalto, que viram um revés na posição de Bolsonaro.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

You May Also Like

About the Author: Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *