Você está em quarentena? Aproveite para ver o céu noturno! (II)

Blog Física na Veia

Registro dos planetas Marte, Saturno e Júpiter ao nascer do sol de hoje (5 de abril de 2020) por volta das 14h30. (Horário de Brasília)

Ontem neste postLancei a ideia de “astroisolation”. Como estamos em quarentena na tentativa de controlar a contaminação por coronavírus, uma boa idéia é aproveitar esse período. olhe para o céu, uma atitude introspectiva de conexão com a natureza e o universo, uma oportunidade para se acalmar e refletir sobre a vida e os valores humanos. Devido ao menor tráfego nas cidades, temos menos poluição do ar. Dessa forma, o céu é mais limpo, o que facilita as observações astronômicas a olho nu.

Comentei que Marte, Saturno e Júpiter serão visíveis logo pela manhã hoje em dia, tentando encorajar quem quiser observá-los logo acima do horizonte oriental. Na imagem na parte superior, você pode verificar o registro fotográfico que tirei da janela do meu apartamento, com segurança, aproximadamente às 2:30 da manhã. Não consegue reconhecer quem é quem na foto? Abaixo você pode ver a mesma imagem, agora legendada.

Registro dos planetas Marte (M), Saturno (S) e Júpiter (J) ao nascer do sol de hoje (5 de abril de 2020).

Também convidei meus leitores a olhar para o céu logo acima do horizonte oeste ao entardecer. Hoje, podemos ver Vênus que, apesar de ser um planeta, à primeira vista é um ponto muito brilhante e estelar! Fiz, com segurança e sem contato com outros moradores, o registro de Vênus nos prédios do meu condomínio ao entardecer esta tarde.

Esse ponto brilhante no edifício, no centro da imagem, é o planeta Vênus, ao entardecer hoje (5 de abril de 2020).

Na imagem seguinte, fui “procurar” por Vênus com o zoom óptico da câmera. Olhe para o farol!

Vênus ao entardecer, agora com zoom óptico da câmera.

A lua crescente também é linda. Olhe lá fora! Neste post ontem publiquei uma captura de tela da lua ainda à luz do dia.

Reforço meu convite: Aproveite o isolamento social horizontal, a medida sensata e ancorada na ciência, para observar o céu hoje em dia.. Escreva o que podemos ver sem muito esforço ou conhecimento prévio sobre o céu:

  • Lua crescente, até encher na terça-feira. Em seguida, declinando nos dias seguintes;
  • Os planetas Marte, Saturno e Júpiter acima do horizonte oriental ao nascer do sol a partir das 13h30. (Horário de Brasília);
  • O planeta Vênus ao pôr do sol, no horizonte ocidental, compondo a cena crepuscular.

Se você começar a olhar para o céu, acabará descobrindo outros objetos interessantes. O risco é, como eu, ficar viciado! Mas eu garanto que é um vício sem efeitos colaterais prejudiciais. Pelo contrário. Olhar para o céu é bom! Acalme-se E leve-nos de volta às nossas origens. Afinal, como Carl Sagan disse, “somos poeira estelar” ¹.

Cuide-se! Cuide da sua! Cuide de quem puder! Vamos todos cuidar!

Venceremos essa etapa difícil juntos, em uma gigantesca colaboração planetária, sempre com o pé na ciência!

Um abraço do prof. Dulcide! Física, bom senso e muito cuidado, na veia!


Phrase Esta frase é poética e ainda científica. Os átomos mais complexos que compõem nosso corpo foram forjados dentro das estrelas. Outros se formaram em explosões de supernovas. Não há erro, nem exagero, em dizer que somos poeira estelar!

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *