Votação antecipada começa para eleições nos EUA em 4 estados | Eleições de 2020 nos EUA

Quatro estados começaram a votar nas eleições presidenciais dos EUA na sexta-feira (18). Os eleitores foram às urnas em Dakota do Sul, Minnesota, Virgínia e Wyoming para escolher entre o atual presidente, o republicano Donald Trump, e o candidato da oposição, o democrata Joe Biden.

Nos EUA, a votação para presidente já começou e com longas filas

Eleitores fazem fila para votar na manhã desta sexta-feira (18) nas eleições norte-americanas em Fairfax, Virgínia – Foto: Al Drago / Reuters

Segundo a agência France Press, os eleitores do estado da Virgínia esperaram até quatro horas para começar a votar. As pessoas que compareceram ao voto na sexta-feira relataram à AFP sua preocupação com a possibilidade de caos na votação por correspondência, cuja suavidade tem levado a confrontos entre Trump e Biden.

“Tem havido tanta preocupação com tentativas de ataque aos correios e votação remota e esforços para interferir na votação que queríamos registrar nosso voto o mais rápido possível”, disse Nell Minow, um residente da cidade de Mclean.

Trump e Biden em estado chave

Presidente dos EUA, Donald Trump, participa de comício de campanha em Bemidji, Minnesota, nesta sexta-feira (18) – Foto: Tom Brenner / Reuters

Tanto Trump quanto Biden tiveram compromissos de campanha no estado de Minnesota, considerados essenciais na disputa pelos votos no Colégio Eleitoral. Embora eleitos historicamente como candidatos democratas, os republicanos tiveram um desempenho impressionante nos últimos anos.

Ambos os candidatos focaram a campanha em estratégias bem definidas: Trump tem como alvo os eleitores rurais de Minnesota, enquanto Biden quer resgatar o eleitorado das periferias industriais, que ficaram do lado republicano em 2016.

Joe Biden, candidato democrata à presidência dos Estados Unidos, participa de evento de campanha em Duluth nesta sexta-feira (18) – Foto: Jonathan Ernst / Reuters

O estado também se tornou o centro das eleições este ano, após a morte do ex-segurança negro George Floyd em Minneapolis – tanto a cidade quanto o estado são administrados por democratas. Enquanto Biden abordará a violência policial, Trump foca seu discurso no slogan “lei e ordem”, defendendo a valorização dos agentes de segurança.

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira Bezerra

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *